iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

29/09 - 15:28

Com vitória da Itália, espanhóis se desentendem e decepcionam
o treinador da Espanha não poupou críticas a seus comandados. "Fizemos um papel ridículo no final", disse

Gazeta Esportiva

ROMA (Itália) - Depois de ver a Itália vencer com facilidade o Mundial de ciclismo de estrada nesse domingo, a seleção espanhola, que era a favorita mostrou desentendimento entre seus ciclistas e reconheceu que poderia ter sido melhor.

“Nós corremos mal. No final, se havia uma fuga com (Damiano) Cunego, (Alessandro) Ballan e (Davide) Rebellin, o (Alejandro) Valverde deveria estar lá, porque eu não poderia ficar o tempo todo lutando para estar em uma fuga”, desabafou o tricampeão mundial Oscar Freire.

Nesse domingo, a Espanha era a favorita ao título, mas com desentendimentos dentro da equipe e falta de atenção do grupo espanhol, a Itália venceu dentro de casa, em Varese, com Alessandro Ballan em primeiro e Cunego em segundo.

Por sua vez, o treinador da Espanha, Paco Antequera, não poupou críticas a seus comandados. “Fizemos um papel ridículo no final. Fomos bem em toda a corrida, mas não estivemos atentos às fugas e deveríamos ter participado delas”, comentou o técnico, que ficou decepcionado com a falta de atitude de seus ciclistas.

“os atletas precisam ter decisão para enxergar a corrida. Se o rádio de comunicação não funciona, eles precisam se virar. Não soubemos responder à tática dos italianos“, lamentou Antequera, referindo-se à quebra do rádio comunicador entre a equipe e os ciclistas.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias