iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

24/09 - 14:16

Chávez diz que Venezuela conquistou "medalha do amor" nos Jogos

Venezuela ficou apenas em 81º lugar no quadro de medalhas dos Jogos, com um bronze conquistado no Taekwondo

EFE

PEQUIM (China) - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse hoje em Pequim que a delegação do país não foi bem nos Jogos Olímpicos deste ano, mas conquistou a "medalha do amor da China".

As declarações foram concedidas durante o encontro de Chávez com o presidente chinês, Hu Jintao, na capital do país asiático.

"Embora não tenhamos conseguido medalhas, conquistamos a medalha do amor da China", disse Chávez no Grande Palácio do Povo.

A Venezuela ficou apenas em 81º lugar no quadro de medalhas dos Jogos, com apenas um bronze conquistado por Dalia Contreras Rivero na categoria até 49 kg do taekwondo.

No evento de hoje, Chávez transmitiu a Hu "o afeto do povo venezuelano, que gosta muito da China e do presidente deste país".

"Brilhará sempre em nossos olhos e vibrará sempre em nossos corações o brilho, esplendor e o grande triunfo da China nos Jogos Olímpicos", disse o venezuelano, referindo-se à liderança dos anfitriões no quadro de medalhas.

Já Hu Jintao disse sentir uma "grande satisfação" por poder encontrar-se novamente com Chávez em Pequim. Esta é a quinta viagem do presidente da Venezuela à China.

O presidente chinês aproveitou a ocasião para agradecer a Chávez pelo apoio e solidariedade durante o terremoto que devastou a província de Sichuan em maio.

Além do encontro com Hu, o presidente venezuelano se reuniu também com o presidente da Assembléia Nacional Popular chinesa (Legislativo), Wu Bangguo.

Após os dois compromissos, Chávez e Hu se reuniram a portas fechadas e assinaram 12 acordos, relacionados principalmente ao setor petroleiro.

A programação de amanhã inclui uma reunião do presidente venezuelano com empresários chineses de setores como o petroquímico, eletrodoméstico e de telecomunicações.

Chávez chegou ontem à China e deve viajar ainda na quinta-feira para a Rússia, onde se reunirá com o primeiro-ministro Vladimir Putin e o presidente Dmitri Medvedev.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias