iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

21/09 - 18:38

COI ouve bielo-russos pegos em doping e adia julgamento

Devyatovskiy e Ivan foram flagrados com níveis anormais de testosterona após a final do lançamento de martelo

Gazeta Esportiva

PARIS (França) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) ouviu, neste domingo, as defesas dos dois lançadores de martelo da Bielo-Rússia que acusaram positivo para testosterona em exames antidoping nas Olimpíadas de Pequim e decidiu prorrogar o prazo da decisão do julgamento em oito dias. Vadim Devyatovskiy e Ivan foram flagrados com níveis anormais de testosterona na urina coletada após a final do lançamento de martelo.

Na ocasião, Devyatovskiy terminou com a prata, enquanto o compatriota ficou com o bronze.

“Vamos aguardar com esperança. Sabemos que somos inocentes, mas temos que aguardar a confirmação do caso”, falou Devyatovskiy. Depois de ouvir por cerca de 3h30 os atletas, o COI prorrogou para o dia 17 de outubro o prazo para que eles apresentem mais provas de que são inocentes.

Se forem considerados culpados, o húngaro Krisztian Pars, quarto colocado nos Jogos, e o japonês Koji Murofushi, quinto, herdarão a prata e o bronze dos bielo-russos. Por sua vez, se Devyatovskiy for considerado culpado, poderá ser suspenso do esporte, pois é seu caso seria tido como reincidência de doping.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias