iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

15/09 - 14:11

Lewis contesta Usain Bolt; Powell defende compatriota

Ex-velocista norte-americano fez críticas ao controle antidoping na Jamaica; Asafa Powell ficou 'desapontado'

Gazeta Esportiva

WASHINGTON (Estados Unidos) - Dono de dez medalhas olímpicas, sendo nove de ouro, o norte-americano Carl Lewis é mais um a ficar desconfiado com as excelentes performances demonstradas por Usain Bolt nesta temporada, em especial na Olimpíada de Pequim. Apesar de não atacar o jamaicano diretamente, ele admitiu que acha estranho as marcas obtidas pelo atual recordista mundial dos 100m e 200m livre.

“Quando as pessoas me perguntam sobre Bolt, eu digo a elas que ele pode ser o maior atleta de todos os tempos. Porém, quem não questiona alguém que corre 10s03 em um ano e 9s63 no seguinte, é um tolo”, declarou Lewis, em entrevista à revista Sports Illustrated.

De acordo com Carl, um dos motivos para tantos questionamentos é a falta de um controle antidoping mais rigoroso na Jamaica. “Estou orgulhoso dos Estados Unidos, que possuem o melhor programa antidoping do mundo. Já países como a Jamaica não aplica testes aleatórios, de modo que os corredores de lá ficam meses sem fazer qualquer teste. Ninguém está acusando Bolt, mas não viva em um mundo diferente e espere o mesmo respeito”, afirmou.

Reação
Surpreendentemente, quem reagiu às declarações de Lewis foi um dos principais rivais de Bolt na pista, o também jamaicano Asafa Powell. “Estou desapontado com as declarações dele. Usain fez melhor que todos os outros atletas antes dele e Lewis ainda não consegue acreditar. O que Bolt fez não me chocou, pois eu sei o quanto ele é talentoso”, comentou.


Leia mais sobre: Carl Lewis Asafa Powell Usain Bolt

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias