iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

13/09 - 08:39

Convocados do futsal começam a chegar a Minas

Seleção brasileira fará sua preparação em Minas para a Copa do Mundo, de 30 de setembro a 19 de outubro

Gazeta Esportiva

UBERLÂNDIA (Minas Gerais) - Em ritmo de preparação para a Copa do Mundo de futsal, os jogadores da seleção brasileira começaram a desembarcar em Uberlândia (MG) nesta sexta-feira. Os alas Falcão e Ari, os goleiros Tiago, Rogério e Franklin e o pivô Lenísio foram os primeiros a chegar.

Além deles, também já estão na cidade o preparador físico do selecionado, João Carlos Romano, e a psicóloga da delegação, Melissa Voltarelli.

O restante do grupo, que atua na Espanha, desembarca neste domingo. A seleção brasileira fará sua preparação em Minas para a Copa do Mundo, que acontece de 30 de setembro a 19 de outubro. Os confrontos da primeira fase da Copa serão em Brasília (DF). O time estréia contra o Japão e depois enfrentará as Ilhas Salomão, a Rússia e a seleção cubana.

Antes do início da competição, Romano completará a fase de avaliação física iniciada durante sua passagem pela Europa há 20 anos. “Temos uma boa avaliação dos jogadores que jogam no exterior. Eles estão em início de temporada e, posso dizer, em um estágio superior ao que esperávamos para este período do ano. É claro que agora quase um mês depois devem ter evoluído ainda mais”, diz.

Para os atletas que atuam no Brasil, a dosagem durante a temporada pode beneficiar o rendimento físico. Dos seis atletas que jogam no País, cinco atuam pela Malwee Futsal, que conquistou no último sábado o tricampeonato da competição. “Esta semana que os atletas tiveram de descanso pode ser muito benéfica. É muito provável que teremos um grupo heterogêneo para a disputa da Copa do Mundo”, completa o preparador.

O goleiro Franklin é o mais experiente do grupo brasileiro. Com 37 anos ele voltou do futsal italiano recentemente contratado pela Malwee Futsal e possui duas Copas do Mundo no curriculum: 2000, na Guatemala, 2004, em Taiwan. Segundo ele, a equipe tentará recuperar o título mundial, que pertence à Espanha, bicampeã mundial.

'Muitos da nossa geração ainda não puderam comemorar um título da Copa do Mundo de Futsal. Por isso esse é o nosso principal objetivo, ainda mais jogando em casa', destaca. 'As seleções européias melhoram seu rendimento a cada dia que passa, assim como a Argentina e o Paraguai. Precisamos estar cada vez mais focados para não cometermos erros, mantendo a seriedade e chegando ao título'.


Leia mais sobre: futsal Copa do Mundo de futsal

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias