iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

08/09 - 17:58

Cinco recordes são quebrados no segundo dia de provas

Atletas dos Estados Unidos, Inglaterra, China e Nova Zelândia brilharam no ciclismo de pista da Paraolimpíada

Gazeta Esportiva

PEQUIM (China) - Apenas no segundo dia dos Jogos Paraolímpicos de Pequim, cinco recordes mundiais foram quebrados no ciclismo de pista. Nesta segunda-feira, a norte-americana Jennifer Shuble estabeleceu uma nova marca mundial da classe CP4, na prova do contra-relógio 500m feminino, com o tempo de 40s278.

Na mesma prova, a chinesa Yapin Ye ficou com a prata, mas sagrou-se a nova recordista do mundo na categoria LC2 (41s133).

Já no contra-relógio de 500m, categoria LC3-4/CP3 feminino, a ciclista da Nova Zelândia Paula Tesoriero sofreu uma queda na pista depois de ter estabelecido um novo recorde mundial da categoria (43s281). Contudo, a ciclista não sofreu grandes ferimentos e conseguiu subir ao pódio para receber a medalha de ouro, a primeira da história da Nova Zelândia.

Sua adversária, Jayme Paris, dona da medalha de bronze, bateu o recorde mundial da classe CP3, com o tempo de 44s490. Outros ciclistas que entraram para o seleto grupo de recordistas do mundo foram os britânicos Anthony Kappes e seu piloto Barney Storey, que conquistaram o ouro do contra-relógio de 1km masculino (1min02s864), batendo o próprio recorde mundial anterior.

Outras medalhas do dia
Michael Gallagher, da Austrália, e Jiri Jezek, da República Tcheca, foram os primeiros colocados nas provas de perseguição individual de 4km entre os homens, nas classes LC1 e LC2, respectivamente.


Leia mais sobre: Jogos Paraolímpicos ciclismo de pista

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias