iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

07/09 - 14:54

Apesar de promessa, Powell não melhora marca em Rieti
O velocista jamaicano Asafa Powell tinha prometido baixar seu recorde pessoal nos 100 metros rasos e, possivelmente, até quebrar a marca estabelecida por seu compatriota Usain Bolt (de 9s69) nos Jogos Olímpicos de Pequim. Mas o atleta não conseguiu cumprir a promessa neste domingo, no Meeting de Rieti, na Itália, e ficou a cinco centésimos de seu melhor tempo (9s72), fazendo 9s77 ainda na eliminatória da prova.

Agência Estado

Powell venceu a final dos 100 metros marcando 9s82, seguido pelo também jamaicano Michael Frater em segundo, com 9s98, e o francês Ronald Pognon em terceiro, com 10s10. O velocista tinha uma motivação especial para tentar quebrar o recorde mundial em Rieti, já que a cidade italiana foi, no ano passado, palco de seu recorde mundial de 9s74 - superado por Usain Bolt em maio, em Nova York, com 9s72.

Na última terça-feira, em Lausanne, Powell venceu a prova com 9s72, melhor marca de sua vida, mas na sexta-feira, em Bruxelas, foi superado pelo compatriota Bolt, que venceu a última etapa da Golden League com 9s77, contra 9s83 de Asafa.

Ainda no Meeting de Rieti, o brasileiro Sandro Silva ficou em sétimo nos 200 metros rasos, com o tempo de 21s37. Em Pequim, o velocista criticou Bolt por causa de suas comemorações nada convencionais. Na pista, porém, Viana decepcionou e não conseguiu se classificar nem para a semifinal da prova olímpica. Em Rieti, o vencedor foi Brian Dzingai, do Zimbábue, com 20s34.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias