iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

05/09 - 10:18

Em nova classe, Clodoaldo dispara contra amadorismo internacional

Nadador reclamou da pouca influência do Brasil em assuntos políticos e do amadorismo da entidade

Gazeta Esportiva

PEQUIM (China) - Acostumado a conceder entrevistas em momentos de alegria, com títulos conquistados e recordes mundiais batidos, Clodoaldo Silva mudou o tom nesta sexta-feira. Após receber a confirmação do Comitê Paraolímpico Internacional (IPC) de que competiria os Jogos de Pequim-2008 na classe S5, o nadador reclamou do amadorismo da entidade e da pouca influência do Brasil em assuntos políticos.

O IPC justificou a mudança de Clodoaldo da classe S4 para a S5 para disputar as Paraolimpíadas de Pequim por acreditar em uma evolução de movimentos do brasileiro. Agora, o para-atleta nacional competirá com atletas menos incapacitados, que podem mover os membros inferiores.

“É o momento mais difícil não só da minha carreira, mas da minha vida. Eu já esperava por essa decisão porque, infelizmente, o Brasil não tem muita força política nesses momentos”, lamentou Clodoaldo, que recentemente havia garantido que a única evolução que teve desde os Jogos de Atenas-2004, quando competiu nas classe S4, foi técnica – e não física.

“O problema é que, enquanto a natação paraolimpíca vem se profissionalizando, o Comitê Internacional parece que está se tornando amador. Na Europa uma situação como essa não acontece”, desabafou.

Insatisfeito, Clodoaldo abdicou de competir as suas duas provas principais: os 50m e os 100m livre, das quais é recordista mundial na classe S4. “Eu poderia muito bem nadar e ganhar o ouro, mas não vou fazer isso. Ainda que eu respeite o IPC, vou nadar apenas os 50m costas como protesto. Perdi a motivação de disputar essa Paraolimpíada”, disparou.

A pouca animação que resta ao brasileiro é a disputa dos revezamentos 4x50m livre e medley. “Talvez a minha única motivação seja esses revezamentos, porque nunca deixei ou deixarei meus companheiros na mão”, finalizou.


Leia mais sobre: Paraolimpíadas

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias