iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

04/09 - 19:02

Ciclismo brasileiro aposta em pódio nas Paraolimpíadas
Além de Gohr, o Brasil será representado, ainda, pelo mineiro Flaviano Costa, competidor da classe LC3

Gazeta Esportiva

PEQUIM (China) - O ciclismo paraolímpico brasileiro chega com boas esperanças de pódio às Paraolimpíadas de Pequim. A causa para isso é Soelito Gohr, que no Parapan Open de 2007 foi ouro nas provas de perseguição (pista) e prata na disputa de estrada.

Competindo pela classe LC1 (comprometimento no membro superior), Gohr era atleta do ciclismo convencional, mas sofreu um atropelamento que o fez migrar para o ciclismo paraolímpico.

Quanto às diferenças que sente, ele diz: "É tudo igual a uma competição convencional. A estrutura é boa, assim como as instalações. Só mudam os adversários", analisou.

Além de Gohr, o Brasil será representado, ainda, pelo mineiro Flaviano Costa, competidor da classe LC3 (sem movimentos no joelho). As disputas na pista acontecerão entre os dias 7 e 9 de setembro, enquanto as de estrada, entre 10 e 12 do mesmo mês.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias