iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

02/09 - 19:19

Atletas jamaicanos são acusados de envolvimento com esteróides
Uma das velocistas citadas é Delloreen Ennis-London, medalhista de prata do Mundial de 2005

Gazeta Esportiva

WASHINGTON (EUA) - A rede norte-americana CNN publicou nesta terça-feira uma reportagem acusando dois atletas da Jamaica de terem recebido carregamentos de anabolizantes. Uma das velocistas citadas é Delloreen Ennis-London, medalhista de prata do Mundial de 2005 e quinta colocada nos 100m com barreiras nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008.

De acordo com a rede de notícias dos Estados Unidos, Ennis-London recebeu em sua residência, no Texas, duas encomendas de GH (hormônio do crescimento) e um de Triest, um estrogênio, entre 2006 e 2007. Ambas as substâncias são proibidas para atletas profissionais, por melhorarem seus rendimentos em competições.

Ennis-London foi procurada para dar sua versão ao caso, mas não foi encontrada. Atualmente, a jamaicana está em Lausanne, na Suíça, disputando o GP de Atletíssima – ela, inclusive, faturou nesta terça-feira a medalha de ouro nos 100m com barreiras.

Outro jamaicano que teve seu nome ligado aos carregamentos de anabolizantes foi Adrian Findlay, dos 400m com barreiras, em sua casa na Carolina do Norte. As substâncias que teriam sido enviadas ao caribenho foram testosterona e oxandrolona.

“Corri ‘limpo’ durante toda a minha vida, juro que não uso esteróides”, argeumtnou Findlay. “Garanto que essas encomendas não são minhas, pois nem as encomendei”, complementou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias