iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

31/08 - 17:26

Gay diz que teria dificultado a vida de Bolt na final
O norte-americano Tyson Gay falhou na tentativa de se classificar para a final dos 100m nos Jogos Olímpicos de Pequim. Com chances de pódio apenas nesta prova e nos 4x100m na China, ele voltou para casa de mãos abanando e com a frustração de saber que a lesão não curada na coxa cobrou um preço alto e facilitou a vida do jamaicano Usain Bolt.

Gazeta Esportiva

'Foi duro ver (Bolt), sei que teria dado uma corrida melhor para ele', afirmou o velocista norte-americano, que parou nas semifinais olímpicas dos 100m. Bolt venceu a prova e bateu o recorde mundial com uma facilidade tão grande que o permitiu diminuir o ritmo nos últimos 25m do percurso.

A história foi a mesma no revezamento, só que ainda mais amarga porque Gay não se encontrou com seu antecessor no revezamento e os dois deixaram o bastão cair, o que levou à desqualificação de toda a equipe. De volta à forma, Gay conseguiu consolo conquistando o título dos 200m no GP de Gateshead, realizado neste domingo. 'Conseguir esta vitória significa muito, é bom voltar a vencer', declarou à BBC.

Ele não foi o único que amargou frustrações na China a fazer as pazes com o pódio. O jamaicano Asafa Powell, ex-recordista mundial dos 100m e quinto colocado em Pequim, venceu a prova na Inglaterra. 'Pelo lado pessoal, fiquei muito desapontado (com as Olimpíadas), queria o ouro ou a prata nos 100m', diz o jamaicano. 'Usain entrou em cena e está correndo muito bem e eu estou feliz por ele. No ano que vem, tentarei não sofrer tantas lesões e talvez possa me juntar a ele'.

Mas Powell não saiu sem nada dos Jogos. Último homem do revezamento 4x100m, ele ajudou a equipe a conquistar o ouro, batendo o recorde mundial da prova. Tanto Powell quanto Gay terão de esperar o Super GP Atletíssima na próxima terça-feira para tentar a revanche contra Bolt.

Já a norte-americana Lauryn Williams teve o sabor de bater a campeã olímpica Shelly-Ann Fraser nos 100m. 'Talvez estivesse procurando um pouco de vingança e queria mostrar ao mundo que, apesar do que aconteceu nas Olimpíadas, ainda sou uma grande atleta', desabafou. Williams fez dobradinha em Gateshead, vencendo também nos 200m.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias