iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

25/07 - 20:14

Desfalcado, Brasil enfrenta Portugal na semifinal do futebol de areia

Time brasileiro não poderá contar com Buru, que cumpre suspensão automática por expulsão nas quartas

Gazeta Esportiva

MARSELHA (França) - A seleção brasileira de futebol de areia enfrenta Portugal neste sábado, às 12h30 (horário de Brasília) na disputa da semifinal da Copa do Mundo, em Marselha, na França. Na etapa decisiva do torneio, o time brasileiro não poderá contar com Buru, que cumpre suspensão automática pela expulsão durante a vitória por 6 a 4 sobre a Rússia nas quartas-de-final.

Contando com os dois artilheiros da competição do seu lado (Madjer e Belchior, nove gols cada), os portugueses ainda levam para quadra uma lembrança amarga para os brasileiros.

Foram eles que encerraram uma invencibilidade de 55 jogos do Brasil na vitória por 2 a 1 nas penalidades (6 a 6 no tempo normal / 0 a 0 na prorrogação) da semifinal da Copa de 2005, no Rio de Janeiro. No momento, a seleção brasileira tem uma seqüência de 71 jogos com vitórias e luta pelo tricampeonato mundial.

Mas para os jogadores brasileiros, não há espírito de revanche. 'Ninguém está encarando isso como revanche, embora as duas seleções se encontrem na mesma situação, de uma semifinal de Copa do Mundo', afirma o atacante Sidney.

'Queremos a vitória, claro, mas não pensando em 2005, a equipe está muito concentrada e muito focada nessa partida. Vamos enfrentar um time muito forte, de excelentes chutadores e que joga, talvez, o melhor beach soccer da Europa, com um estilo de jogo de toque de bola e habilidade, parecido com o nosso. Este é um jogo que vale muito, vale a vaga na final, vale a manutenção do nosso sonho de brigar pelo tricampeonato e estamos representando milhões de brasileiros. Estamos prontos'.

Para o técnico Alexandre Soares, o jogo tem tudo para ser digno de uma decisão. 'Portugal é uma das seleções que nós mais enfrentamos nos últimos anos, tem uma equipe de alto nível e os jogos contra o Brasil são sempre muito equilibrados. Eles vieram muito bem preparados para esta Copa do Mundo e elogiar Madjer, Alan e Belchior é ser repetitivo. Vai ser uma partida nervosa, há muita tradição, toda uma rivalidade na História desse confronto, é um jogo daqueles que não se pode errar, qualquer bobeada, qualquer desatenção pode definir a partida. Nós respeitamos Portugal, eles respeitam o Brasil e vai vencer quem errar menos'.


Leia mais sobre: futebol de areia

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias