iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

21/07 - 16:28

Marion Jones pede que Bush abrande sua sentença

Jones foi condenada a seis meses de prisão por mentir a agentes federais

Gazeta Esportiva

WASHINGTON (Estados Unidos) - A ex-campeã olímpica Marion Jones recorreu ao presidente dos Estados Unidos, George W. Bush Jr., para tentar abrandar a pena que recebeu da Justiça. Jones foi condenada a seis meses de prisão por mentir a agentes federais durante depoimento nas investigações de uso de substâncias proibidas e em um esquema de fraude bancária.

A petição da ex-velocista foi confirmada nesta segunda-feira pelo Departamento de Justiça, que não deu mais detalhes sobre o caso. Todas as petições são avaliadas pelo Departamento de Justiça, que apresenta sua recomendação ao presidente. Bush pode dar seu perdão ao solicitante ou reduzir a pena originalmente imposta.

Campeã em três provas nos Jogos Olímpicos de Sydney-2000, além de ter conquistado outras duas medalhas de bronze na mesma edição, Jones está presa desde 7 de março, em Fort Worth, no Texas. Em outubro, ela admitiu ter usado doping em sua preparação para os Jogos e mentido em suas declarações à Justiça. Em janeiro, ela recebeu a pena de seis meses pelo doping, mais dois meses no escândalo bancário. Contudo, ela pôde cumprir as duas sentenças ao mesmo tempo.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias