iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

18/07 - 16:06

Brasil sofre, mas vence a Espanha na estréia

Com a vitória no Mundial da França, Seleção Brasileira divide a liderança do grupo D com o México

Gazeta Esportiva

MARSELHA (França) - Em um jogo complicado, a seleção brasileira de futebol de areia bateu a Espanha nesta sexta-feira por 3 a 2 na estréia das duas equipes na Copa do Mundo de futebol de areia. Atual bicampeão do mundo, o time verde-amarelo agora divide a liderança do grupo D com o México, que derrotou o Japão por 4 a 3 – a equipe nacional, porém, está em desvantagem por ter marcado um gol a menos.

A seleção brasileira abriu o placar em Marselha com menos de um minuto de jogo, graças a um excelente chute de Buru, que arriscou de longe. A “Fúria”, porém, não se abateu e empatou logo em seguida, na saída de bola, com Amarelle. E foi o próprio jogador que virou o placar, aproveitando a saída de Mão.

Técnico do Brasil, Alexandre Soares mexeu na equipe, usou o banco de reservas, e quase empatou o jogo no fim do primeiro período, com Bruno Malias, que acertou a trave espanhola. Com uma forte marcação em sua quadra de defesa, a Espanha dava poucos espaços para os brasileiros, que só conseguiram o empate com Bruno Malias, faltando dois minutos para o término da segunda etapa. Na comemoração, ele imitou o gesto imortalizado por Bebeto na Copa do Mundo de 1994 “embalando” a chegada do filho, notícia que recebeu na véspera da estréia em Marselha.

No terceiro tempo, o Brasil voltou a partir para cima, mas parava nas mãos de Roberto. Quando o goleiro adversário não conseguia evitar a boa jogada, a bola ia na trave: foi assim Bruno Malias e com Benjamin. Faltando seis minutos para o final da partida, porém, o gol finalmente saiu, com Buru, que acertou um forte chute de primeira para virar o placar. A Espanha então apertou, pressionou, e foi aí que brilhou o goleiro Mão que, com duas excepcionais defesas nos últimos segundos de jogo, garantiu a vitória verde-amarela.

“Foi uma vitória importante, principalmente por ser uma estréia, pela ansiedade que é natural, mas foi um resultado bom em termos de classificação também. Nossa equipe é experiente e usou isso no jogo, soubemos definir a partida no terceiro período, aproveitando as falhas da Espanha, e agora é corrigir alguns erros para fazer um bom jogo contra o Japão”, afirmou Buru.

Segundo maior artilheiro do Brasil na História da Copa do Mundo (21 gols), Bruno Malias não se surpreendeu com a dificuldade da partida. “O importante foi a vitória, sabíamos que seria um jogo muito duro, que teríamos dificuldades, como foi, e o Brasil, mesmo sem jogar bem, mostrou luta, vontade e espírito de equipe, mostrou categoria para derrotar uma seleção fortíssima como é a Espanha”, destacou.

Neste domingo, o Brasil encara o Japão a partir das 14h15min (horário de Brasília). Esta será a terceira vez que brasileiros e japoneses medirão forças em Copa do Mundo. E o Brasil venceu os dois confrontos: em 2005, vitória por 11 a 2 na decisão do terceiro lugar e, em 2006, vitória por 10 a 2, em jogo da primeira fase.

Se passar pelo Japão, dependendo do resultado do jogo entre México e Espanha, pode até garantir a sua classificação para as quartas-de-final antecipadamente. “O Japão fez um excelente jogo contra o México, vendeu muito caro a derrota e isso mostra o quanto os japoneses estão bem preparados. É um time rápido, mostrou qualidade, principalmente com Tabata e Yoshii, mas precisamos ter atenção com o time todo”, resumiu o técnico Alexandre Soares.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias