iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

16/07 - 18:42

Presidente da UCI se diz 'desapontado' com doping de Duñas

Patt McQuaid diz que 'Espanha é a última fronteira na luta contra o doping' no ciclismo

Gazeta Esportiva

MADRI (Espanha) - O presidente da União Ciclística Internacional (UCI), Patt McQuaid, declarou, nesta quarta-feira, que está bastante desapontado com o resultado positivo do espanhol Moisés Duñas na Volta da França. Ele disse, ainda, que a 'Espanha é a última fronteira na luta contra o doping' no ciclismo.

'Este novo caso mostra que na Espanha aprendem lentamente que a luta contra o doping é implacável. A maioria dos ciclistas envolvidos na Operação Porto é formada por espanhóis, em seguida, vimos os casos de Iban Mayo, Manuel Beltrán e agora de Duñas. É evidente que há algum problema na Espanha', afirmou McQuaid ao site Marca.

Por outro lado, o presidente da UCI acredita que não é 'só um problema de leis', posto que na Espanha, 'há muita gente em torno aos ciclistas'. Ele lembrou, ainda, que a entidade máxima do ciclismo tem enfrentado muitas brigas com a federação Espanhola da modalidade, cujas regras ele acredita não serem 'suficientemente duras'.

Em constante luta contra o doping no ciclismo, McQuaid se questionou a respeito da falta de consciência dos atletas. 'Espanta-me saber que os ciclistas não se tenham dado conta que a luta contra o doping vai ser implacável', finalizou.


Leia mais sobre: UCI ciclismo doping Moisés Duñas

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias