iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

30/06 - 11:07

Vice-campeã mundial diz que renunciaria aos Jogos pelo Tibete
Seja em virtude da alta poluição da capital da China ou por causa da repressão do país ao Tibete, as polêmicas continuam atrapalhando os Jogos Olímpicos de Pequim. Desta vez, a atleta a reclamar foi a italiana Margherita Granbassi, atual vice-campeã mundial de esgrima no florete.

Gazeta Esportiva

Em entrevista publicada pela revista Diva e donna, Granbassi declarou que poderia declinar da disputa das Olimpíadas caso isso melhorasse a situação do Tibete. “Certamente os Jogos são uma ocasião para fazer os problemas saltarem aos olhos. Se me dissessem que, anulando as Olimpíadas, o Tibete voltaria a ser livre, eu desistiria hoje mesmo”.

Como a própria atleta de 28 anos, campeã mundial no florete em 2006, em Turim, e dona da prata em 2007, em São Petersburgo, descartou a possibilidade de um boicote render resultados, ela aproveita para criticar o Comitê Olímpico Internacional (COI).

“Os organizadores deveriam ter analisado o problema no momento em que cederam os Jogos a Pequim, não agora”, declarou a italiana. “Creio que um problema político não deva ser resolvido pelo esporte, mas agora a todo momento só se fala da opressão da China ao Tibete”.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias