iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

30/06 - 12:28

Gary Haal dispara: "Não pensar em doping na natação é tolice"
Se, aos 33 anos de idade, Gary Hall Jr ainda precisa provar que pode voltar a nadar em alto nível, o atleta mostrou que pelo menos continua com a boca afiada.

Gazeta Esportiva

Em entrevista à imprensa durante as seletivas norte-americanas para os Jogos Olímpicos de Pequim, o campeão nos 50 m livre em Atenas-2004 e Sydney-2000 disparou ao dizer que não pensar em doping nas piscinas é “tolice”.

A facilidade com que Hall tem em chamar a atenção durante os ciclos olímpicos, seja com declarações polêmicas ou brilhando dentro da água, já é bastante conhecida. Desta vez, o nadador que tenta participar das Olimpíadas pela quarta vez expressou sua preocupação com o uso de doping em seu esporte, que normalmente fica à parte dos escândalos envolvendo outras modalidades como o atletismo.

“Pensar que isto não existe é tolice”, disse o norte-americano. “Todos os escândalos de doping não são resultados diretos de exames que tenham dado positivo. Eles geralmente surgem quando alguém é flagrado por outros meios. Não acho que podemos depender apenas da agência de doping para pegar as pessoas que estão à frente do alcance dos testes”.

Suscitando ainda mais polêmica, o bicampeão olímpico desmitificou ainda o LZR Racer, maio da Speedo que vem sendo apontado como o grande responsável pelo alto número de recordes derrubados na natação nos últimos meses. “Claramente nós sabemos que não foi o maiô que causou todos aquelas quebras de recordes. Trata-se de uma vergonhosa quantidade de drogas”.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias