iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

27/06 - 22:09

Pivô nega comentário e Lenilson pede paz para o revezamento
O velocista Rafael da Silva Ribeiro negou ter sido o pivô da decisão de André Domingos de desistir da aposentadoria. Na quinta-feira, o medalhista olímpico havia anunciado sua saída das competições, mas nesta sexta, voltou atrás.

Gazeta Esportiva

Segundo ele, porque Ribeiro havia dito a outras pessoas que não conseguira vencer os 100m no Troféu Brasil, mas tinha aposentado um.

"Não estou sabendo de nada disso", desconversou Ribeiro ao ser perguntado sobre seu papel na decisão do veterano velocista. Irritado com a história, André disse que tentará fazer índice para integrar o revezamento 4x100m, disputando três competições na Colômbia. O prazo limite para obtenção da marca é 20 de julho.

"Se conseguir parabéns para ele", disse Ribeiro. "Eu consegui minha vaga".

Os dois atletas competem pela mesma equipe, a Rede Atletismo, que venceu o revezamento 4x100m do Troféu, com 38s89, tendo na pista, além de Ribeiro, Vicente Lenilson, José Carlos Gomes e Bruno Lins, todos classificados para Pequim.

Competindo ao lado de André nas duas Olimpíadas nas quais o 4x100m conquistou medalha (bronze em Atlanta-96 e prata em Sydney-2000), Lenilson tentou evitar o atrito entre os dois companheiros de equipe. Com o assédio da imprensa sobre Ribeiro, afastou o rapaz do grupo pedindo tranqüilidade para a equipe.

"A gente não quer falar sobre isso. Este revezamento é uma transição, um grupo novo. A preocupação é para as Olimpíadas", disse, lembrando que em anos anteriores este tipo de situação já havia prejudicado o grupo. "Aconteceu isso em Sydney e não vamos deixar repetir".

Segundo Lenilson, a equipe tentará resolver a situação internamente. "O Rafinha tem o direito de se defender fora da pista, em uma conversa. Vamos resolver os problemas do revezamento dentro do revezamento".

Feminino - Na versão feminina do 4x100m, vitória da equipe da BM&F com Lucimar Aparecida de Moura, Rosemar Maria Coelho, Vanda Ferreira e Thatiana Regina Ignácio com 43s92.

Nos 3.000m com obstáculos, Sabine Heitling levou a melhor sobre Zenaide Vieira. Sem índice para Pequim, Sabine venceu com 10min00s81. Zenaide, que já está qualificada para os Jogos com índice A, terminou em segundo com 10min03s23.

Leia também:
Provocado, André Domingos desiste da aposentadoria

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias