iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

16/06 - 21:11

Em derrota do Orlândia, torcedor agride jogador adversário
Na abertura da segunda rodada da Liga Futsal, o Poker/Petrópolis/Ikinha foi a Orlândia, no interior paulista e venceu o Intelli por 7 a 3. O jogo ficou marcado pela intervenção de um torcedor do time da casa, que agrediu Guina, do Petrópolis, no final da partida.

Gazeta Esportiva

Jogando melhor durante toda a partida, o Petrópolis conseguiu no primeiro tempo abrir a dois gols de vantagem. O Orlândia chegou a diminuir, mas os visitantes logo fizeram mais um, deixando o placar em 3 a 1.

De volta para o segundo tempo o Petrópolis marcou no início, com apenas um minuto de partida, e administrou a vantagem até os 15 minutos, quando Rato marcou para o Orlândia, dando esperanças para a torcida.

No final da partida, o Intelli ensaiou uma pressão, fazendo mais um gol, deixando a diferença apertada para os cariocas. Porém, com dois gols em menos de um minuto, o time do Rio de Janeiro deu um banho de água fria na reação do Intelli. O Petrópolis ainda chegou a marcar mais um, finalizando o placar em 7 a 3.

O fato lamentável da partida ficou por conta de um torcedor, que, faltando 30 segundos para o apito final, agrediu Guina, do Petrópolis, que se envolveu em confusão com o goleiro reserva do Orlândia, Guitta.

Após uma dividida entre os dois jogadores, Guina partiu para cima do goleiro, que o empurrou. Foi então que um torcedor, das arquibancadas, conseguiu dar um soco no atleta do Petrópolis, que, revoltado, foi contido pelos jogadores do Orlândia.

Com os ânimos mais calmos, a partida recomeçou, e foram expulsos Guina e Guitta. À essa altura, as equipes já estavam conformadas com o resultado e apenas esperaram o fim do jogo.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias