Luta aconteceria em dezembro, mas o norte-americano já tem duelo contra Brian Stann em outrubro

Vitor Belfort já tem em mente quem será seu próximo adversário. O embaixador do UFC no Brasil fez um pedido à entidade para enfrentar ninguém menos do que Chael Sonnen em um combate a ser realizado ainda em 2011. Segundo o atleta carioca, os dirigentes do torneio vão analisar a proposta e darão a resposta até a semana que vem.

Anderson Silva vai aos prantos com a vitória de Minotauro no UFC Rio. Assista

“Eu pedi para lutar com o Sonnen, pois ele está exagerando. O combate pode acontecer em dezembro”, afirmou o veterano de 34 anos em entrevista ao iG . “Ele está louco para tomar umas porradas dos brasileiros”, completou.

O problema é que Chael Sonnen tem luta marcada contra Brian Stann no começo de outubro. Com isso, o norte-americano dificilmente voltaria ao octógono ainda em 2012.

Chael Sonnen é vetado no UFC Rio por patrocinador brasileiro

Entretanto, ainda existe a possibilidade de o combate contra Brian Stann ser cancelado. Logo após o UFC Rio , chegou a ser especulado que a luta entre os dois norte-americanos não aconteceria mais. Com isso, Anderson Silva faria a revanche contra Sonnen, enquanto Belfort enfrentaria Stann.

Mas segundo o carioca, o contrário pode acontecer. Assim, ele poderia ter um duelo contra o polêmico norte-americano para definir a próximo desafiante do cinturão dos médios. Anderson Silva, por sua vez, defenderia o título contra Dan Henderson, por exemplo, campeão dos meio-pesados do Strikeforce.

“Quero lutar logo, preciso do dinheiro. Seria uma luta interessante. [As provocações do Sonnen] não têm nenhuma influência para mim. Vou viver na minha atmosfera. Ele precisa fazer isso para aparecer, é um personagem e precisa vender a luta. Eu não”, concluiu.

Vitor Belfort está em alta no UFC após o nocaute sobre Yoshihiro Akiyama no início de agosto, na Filadélfia. Mesmo fora do card do UFC Rio, o carioca foi um dos protagonistas do evento com uma série de aparições ao longo da promoção das lutas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.