Vitor Belfort “apaga” japonês em menos de dois minutos no UFC 133

Brasileiro não teve dificuldade para nocautear Yoshihiro Akiyama e agora quer nova chance contra Anderson Silva

Levi Guimarães, iG São Paulo | 06/08/2011 23:40

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

O brasileiro Vitor Belfort mostrou na noite deste sábado que não se deixou abalar pela derrota diante do compatriota Anderson Silva pelo UFC no começo do ano. Voltando ao octágono, ele massacrou Yoshihiro Akiyama, nocauteando o japonês em apenas um minuto e 52 segundos. Agora, Belfort já deve vislumbrar uma nova chance de enfrentar o campeão do peso médio.

"Me sinto ótimo e quero enfrentar o vencedor. Agradeço ao Dana White (presidente do UFC) por confiar na minha capacidade e me colocar nesta luta", afirmou instantes após a vitória no Wells Fargo Center, na Filadélfia.

<span>Após voltar a vencer no UFC, Belfort já pensa em enfrentar novamente o campeão Anderson Silva</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>O ator Mickey Rourke foi uma das celebridades presentes na plateia do UFC 133</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <strong>Publicidade</strong> <span>Antes da luta principal, contra Rashad Evans, Tito Ortiz mostrou empolgação</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Rashad Evans não demorou para demonstrar sua superioridade sobre Tito Ortiz</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>No duelo de ex-campeões, Evans não deu chance a Ortiz e finalizou o adversário no segundo round</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>No card preliminar, Rafael Natal enfrentou o americano Paul Bradley</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong> <span>Conhecido como &quot;Sapo&quot;, Rafael Natal conseguiu sua primeira vitória na decisão unânime dos juízes</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong> <span>Apesar desse belo golpe, Rani Yahya acabou derrotado pelo americano Chad Mendes</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong> <span>Vitor Belfort e o japonês Yoshihiro Akiyama se encaram antes do penúltimo confronto do UFC 133</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Com sequência de socos no solo, Vitor Belfort deixou o japonês desacordado e obteve a vitória mais rápida da noite</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong>

Antes do combate deste sábado, em entrevista ao iG, ele já havia falado sobre essa intenção de enfrentar Anderson Silva. "Acho que já poderei disputar o cinturão novamente se conseguir essa vitória. Estou trabalhando para isso e já gostaria de enfrentar o vencedor da luta entre Anderson Silva e o Yushin Okami do UFC Rio. É o que eu quero. Vamos ver o que vai acontecer".

Na luta principal da noite, envolvendo os ex-campeões do meio-pesado Rashad Evans e Tito Ortiz, o popular Ortiz, mesmo contando com todo o apoio do público, não conseguiu se impor. Evans demonstrou superioridade física desde o primeiro round e faltando pouco mais de dez segundos para o final do segundo round, acertou uma joelhada no rival e encerrou o combate com uma série de socos quando Ortiz já estava no chão.

Além de Vitor Belfort, outros dois brasileiros participaram do UFC 133. Na primeira luta do card preliminar, Rafael Natal, o “Sapo”, conseguiu sua primeira vitória na franquia ao vencer o americano Paul Bradley. Já o brasiliense Rani Yahya acabou derrotado pelo também americano Chad Mendes. Mendes, agora, deve ser o próximo desafiante ao cinturão dos pesos pena, pertencente a José Aldo.

Confira todos os resultados do UFC 133:

Card principal

Rashad Evans (EUA) venceu Tito Ortiz (EUA) por nocaute no 2º round
Vitor Belfort (BRA) venceu Yoshihiro Akiyama (JAP) por nocaute no 1º round
Brian Ebersole (EUA) venceu Dennis Hallman (EUA) por nocaute no 1º round
Constantinos Philippou (CY) venceu Jorge Rivera (EUA) por pontos
Rory MacDonald (CAN) venceu Mike Pyle (EUA) por nocaute no 1º round

Card preliminar

Alexander Gustafsson (SUE) venceu Matt Hamill (EUA) por nocaute no 3º round
Chad Mendes (EUA) venceu Rani Yahya (BRA) na decisão unânime dos juízes
Ivan Menjivar (CAN) venceu Nick Pace (EUA) na decisão unânime dos juízes
Johny Hendricks (EUA) venceu Mike Pierce (EUA) por pontos
Mike Brown (EUA) venceu Nam Phan (EUA) na decisão unânime dos juízes
Rafael Natal (BRA) venceu Paul Bradley (EUA) na decisão unânime dos juízes

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo