Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

UFC muda fórmula e arrisca para causar impacto na TV aberta

Estreia do UFC na Fox e na Globo terá imagens de bastidores e entrevistas antes da luta principal

Rodrigo Farah, iG São Paulo |

O UFC conquistou uma legião de fãs que é extremamente fiel ao formato das lutas e da transmissão que nunca muda. Mas a entidade decidiu se arriscar em sua estreia na FOX e na TV Globo, no dia 12 de novembro. O combate pelo cinturão dos pesados entre Junior dos Santos e Cain Velásquez terá uma série de inovações com o intuito de “educar” e conquistar novos torcedores da modalidade.

Veja também: Reality show do UFC no Brasil em 2012 abrirá Copa do Mundo de MMA

UFC
Cigano pode ganhar status de megaestrela se ganhar o cinturão dos pesados
A transmissão é encarada como um marco para a franquia. A intenção dos dirigentes é romper todos os preconceitos ainda existentes em relação aos combates. Com isso, o UFC só exibirá a luta de Cigano ao vivo.

Confira ainda: Anderson Silva volta aos treinos e negocia próximo rival com UFC

No total, a transmissão irá durar uma hora. A primeira metade exibirá vídeos explicando as regras e os limites do MMA. Além disso, os atletas serão filmados ao vivo e entrevistados no aquecimento antes de subirem no octógono, o que não acontece em outros shows do UFC.

“Vamos mostrar como tudo funciona e será a primeira vez que fazemos isso. Vai ser um formato completamente diferente de tudo o que fizemos antes”, comentou o presidente do UFC, Dana White.

Leia também: Dana White oficializa UFC Rio II em janeiro com Aldo protagonista

“Estamos pensando no crescimento a longo prazo. A FOX revolucionou a maneira de fazer televisão e também vamos aproveitar isso, mas a produção ainda é nossa”, completou.

O combate também marcará a estreia oficial do UFC na Globo. Questionado pela reportagem do iG, o protagonista brasileiro Junior dos Santos admitiu estar ansioso por isso e que este não é um combate comum.

“Tudo o que o UFC tem feito é maravilhoso. A ida para a TV aberta mostra que o esporte está evoluindo muito aqui. Esperei muito por essa luta e agora tenho a oportunidade de brigar pelo cinturão com transmissão da Fox e da Globo. É tudo o que eu poderia desejar”, ressaltou o catarinense.null

Leia tudo sobre: UFCDana WhiteTUFUFC RioCiganoCain Velasquez

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG