Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

UFC muda as regras das lutas para minimizar os erros de juízes

Organização divulgou que todos combates principais terão cinco rounds, ao invés dos três habituais

Eduardo Oliveira, iG São Paulo |

Em busca de atrair mais audiência e minimizar possíveis erros na decisão dos juízes, o UFC anunciou, na noite desta quinta-feira, uma mudança em suas regras. A partir de agora todas as lutas principais da organização terão cinco rounds, ao invés dos três assaltos habituais, quando não existe disputa de cinturão. O comunicado foi feito por Dana White, após a coletiva de imprensa do UFC 131.

"Deste dia em diante, toda a luta do evento principal, que será assinada depois de hoje, terá cinco rounds em vez de três", anunciou o cartola. Atualmente, apenas combates onde existe um título em disputa eram disputados em cinco assaltos.

Além de realizar uma atração principal com maior duração e aumentar tempo de exposição na mídia, o UFC busca com a decisão minimizar a possibilidade de erros na avaliação dos juízes. Um exemplo do fato aconteceu no UFC 123, em novembro do ano passado, quando o norte-americano Quinton “Rampage” Jackson reconheceu que foi superado pelo brasileiro Lyoto Machida, mas acabou levando a disputa em uma polêmica decisão dividida dos juízes (29x28, 28x29, 29x28).

A nova regra será válida apenas depois do UFC 133, que acontece dia 6 de agosto, uma vez que o duelo Rashad Evans e Phil Davis, que farão a luta principal do show, já teve contrato assinado para apenas três assaltos.

Leia tudo sobre: Mmadana whiteufc

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG