Ex-campeão do WEC brincou sobre o estupro em vans nos EUA e foi duramente punido

O UFC decidiu liberar um de seus principais lutadores da categoria galo. O ex-campeão do WEC Miguel Torres foi demitido do torneio nesta sexta-feira depois de realizar uma piada com estupro, que foi duramente criticada pelos dirigentes da entidade.

“Se uma van sem janelas fosse chamada de "van da surpresa" muitas pessoas não se importariam de dar uma volta nelas. Todo mundo gosta de surpresas”, afirmou o lutador ao comentar uma notícia sobre o crescimento de mulheres estupradas dentro de vans sem janelas nos Estados Unidos.

“Não tem explicação, e o fato de ele achar que isso é uma piada divertida me deixa chocado. Estamos lidando com um cara esperto, que é um dos melhores do mundo hoje, mas ele não está mais com o UFC, eu o demiti”, explicou o presidente Dana White em entrevista à Sports Illustrated.

O curioso é que recentemente outro atleta fez uma piada semelhante e não recebeu a mesma punição da entidade. O ex-campeão meio-pesado e rival de Maurício Shogun no UFC Rio, Forrest Griffin fez uma piada sobre o assunto e recebeu apenas um alerta dos dirigentes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.