Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

UFC chega ao mainstream para enterrar preconceito e era vale-tudo

Catarinense Junior Cigano disputa o cinturão dos pesados contra Cain Velásquez ao vivo na FOX (EUA) e Globo (Brasil)

Rodrigo Farah, iG São Paulo |

UFC
Junior dos Santos disputa o título dos pesados na estreia do UFC na FOX e Globo
Esqueça aquela história que o UFC é só para machões sedentos por socos e sangue. Às 00h30 deste sábado à noite (horário de Brasília), a entidade promove a luta mais importante da sua história para romper o preconceito restante ligado ao MMA (antigo vale-tudo). O catarinense Junior dos Santos disputa o cinturão dos pesados contra Cain Velásquez, em Anaheim (EUA), com a missão de colocar o show em um novo patamar no esporte mundial.

iG Entrevista: Cigano aponta UFC como moda antes de disputar o cinturão

O duelo pelo cinturão mais disputado da franquia é considerado um marco da modalidade por uma simples razão. Será a estreia em duas das maiores emissoras de televisão: a FOX, que fará a primeira transmissão do UFC em canal aberto nos Estados Unidos, e a Globo, que finalmente comprou os direitos para exibição dos combates após anos de relutância.

Confira ainda: Chefão do UFC põe Cigano x Velásquez como a maior luta da história

A preocupação dos dirigentes com o evento é tão grande, que o UFC fará uma série de mudanças para seduzir o novo público: exibirá um minidocumentário “apresentando” o esporte, transmitirá somente um combate ao vivo e ainda contará com entrevistas com os protagonistas antes da entrada no octógono, o que não acontece em outras edições.

Leia também: Anderson Silva e Vitor Belfort analisam Cigano x Cain. Veja e comente

“Nunca estive tão nervoso para uma luta como estou agora. Estamos ensaiando tudo há semanas e temos que corresponder. A TV aberta sempre foi a principal meta do UFC e agora precisamos fazer com que tudo saia bem. Vamos chegar a milhões de pessoas que nunca nos assistiram antes”, comentou o presidente Dana White.

A preocupação com o show de estreia não se limita aos dirigentes do UFC. A própria Globo realizou uma série de ações para divulgar o combate e surpreendeu ao escalar seu narrador mais popular, Galvão Bueno, para ficar à frente da transmissão ao lado de Vitor Belfort como comentarista.

Veja também: Estreia do UFC na Fox cria duelo de 'gigantes' entre MMA e boxe

E se depender somente da atuação dos dois protagonistas, a estreia do UFC dificilmente irá fracassar. Cain Velásquez e Junior dos Santos são apontados quase de maneira unânime como os dois principais pesados do MMA mundial.null

De um lado, o wrestler Cain Velásquez defende o cinturão apoiado por um cartel de nove vitórias e nenhuma derrota no MMA. Do outro, o catarinense Junior dos Santos ostenta um retrospecto de sete vitórias consecutivas no UFC e tem a seu favor o status de melhor boxeador da categoria.

Confira ainda: Favorito, rival de Cigano personifica herói mexicano do UFC

“Estou muito ansioso, mas não estou sentindo pressão alguma. O Cain Velásquez é o número 1 do mundo e quero ocupar esse lugar no sábado. Com certeza, prefiro que a luta fique em pé, mas se precisar estou preparado para todas as áreas”, ressaltou Cigano em entrevista ao iG.

“Nenhuma das lutas minhas ou dele foram chatas. Não precisamos de provocações, pois nosso estilo é agressivo e essa é a maior atração de todas. É uma honra fazer parte deste evento ainda mais contra um grande oponente que é o Junior dos Santos”, ponderou respeitosamente o campeão.

O duelo pelo cinturão dos pesados está marcado para as 00h30 (horário de Brasília) com transmissão da Globo. Já as lutas do card preliminar serão exibidas por pay-per-view do canal Combate.null

Leia tudo sobre: UFCJunior CiganoCain VelasquezMMALutas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG