Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

UFC 128: Shogun mostra tranquilidade e Jones esbanja confiança

Na penúltima coletiva antes da luta, brasileiro não polemizou, mas Jones garantiu que deixará o octógono com o título

Eduardo Oliveira, iG São Paulo |

Reprodução
Mauricio Shogun e Jon Jones disputam cinturão dos meio-pesados do UFC
O brasileiro Mauricio Shogun e o norte-americano Jon Jones protagonizarão no UFC 128, dia 19 de março, um confronto de gerações. O atleta paranaense, de 30 anos, despontou com sucesso no MMA em 2005, no extinto Pride, e marcou seu nome na história do esporte. Já Jones, de apenas 23 anos, aparece no cenário esportivo sendo comparado com o Shogun daquela oportunidade. Agora, os meio-pesados medirão forças, na cidade de Newark, para definir quem será o dono do cinturão da divisão de meio-pesados do UFC.

Na penúltima conferência de imprensa antes duelo, realizada na noite de ontem, os atletas comentaram suas expectativas para o confronto e mostraram comportamentos diferentes durante a sessão de perguntas.

Colocando o título em jogo pela primeira vez, Shogun se mostrou tranquilo para encarar Jones e não aparentou preocupação devido à longa inatividade por uma lesão no joelho.

“Conquistei todos os meus sonhos no MMA. Foi difícil me motivar depois que venci o Pide GP (em 2005), mas agora luto cada luta pela minha vida”, disse o brasileiro, que afirma não estar preocupado com o fato de não lutar desde maio do ano passado. “Não estou preocupado com o tempo que fiquei parado. Foi quase tanto tempo quanto entre as lutas com o Lyoto (Machida)”, completou Shogun. O brasileiro ainda garantiu que não se importa com o favoritismo de seu adversário nas bolsas de apostas norte-americanas.

“Estou muito feliz como campeão. Não estou preocupado com as bolsas de apostas”, afirmou.

Por outro lado, Jones, considerado a revelação do MMA em 2010, esbanjou confiança e garantiu que irá deixar o octógono com o cinturão.

“Acho que tudo acontece por um motivo. Tenho uma equipe forte ao meu lado. Estou numa forma extraordinária e posso vencer o Shogun”, disse. “Aquele cinturão é meu, eu quero isso”, completou o norte-americano.

O programa de lutas do UFC 128 contará, além da defesa de cinturão de Mauricio Shogun, com mais cinco brasileiros: Edson Barboza enfrentará Anthony Njokuani, Ricardo “Cachorrão” Almeida vai encarar Mike Pyle, Gleison Tibau medirá forças contra Kurt Pellegrino, Luiz “Banha”Cané terá pela frente o norte-americano Eliot Marshall, e Raphael Assunção debuta no UFC diante de Erik Koch .

Confira abaixo o card completo do evento:

Card Principal
Mauricio Shogun x Jon Jones (Luta válida pelo cinturão dos meio-pesados)
Urijah Faber x Eddie Wineland
Jim Miller x Kamal Shalorus
Yoshihiro Akiyama x Nate Marquardt
Mirko "Cro Cop" Filipovic x Brendan Schaub

Card Preliminar
Luiz “Banha” Cané x Eliot Marshall
Edson Barboza x Anthony Njokuani
Ricardo "Cachorrão" Almeida x Mike Pyle
Kurt Pellegrino x Gleison Tibau
Joseph Benavidez x Ian Loveland
Raphael Assunção x Erik Koch
Nick Catone x Dan Miller

Leia tudo sobre: mmaufc 128ufcmauricio shogunjon jones

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG