Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Tony Ferguson conquista o reality show do UFC

O pupilo de Brock Lesnar nocauteou Ramsey Nijemm, que foi comandado pelo brasileiro Júnior Cigano, para conquistar a décima terceira edição do programa

Eduardo Oliveira, iG São Paulo |

Josh Hedges
Tony Ferguson (foto) nocauteia Ramsey Nijemm e conquista o título do TUF 13
O norte-americano Tony Ferguson é o grande vencedor da décima terceira edição do The Ultimate Fighter (TUF 13), o reality show do UFC. Na final do programa, realizada neste sábado, em Las Vegas, o pupilo de Brock Lesnar nocauteou Ramsey Nijemm, aluno do brasileiro Júnior Cigano, para ficar com o título e assinar um contrato de cinco apresentações com a organização. Único brasileiro no programa de lutas do show, Fabio Maldonado fez uma luta dura contra Kyle Kingsbury, mas acabou derrotado na decisão unânime dos juízes.

Ferguson vence o TUF 13
Depois de 10 episódios e 14 atletas confinados na casa do programa, Tony Ferguson e Ramsey Nijem chegaram à grande final para definir quem seria o vencedor desta temporada do reality show do UFC. No início da luta, Ramsey começou tomando a iniciativa e buscou o ataque com golpes retos de boxe, mas Ferguson se defendeu bem e levou o combate para solo, de onde trabalhou com alguns socos. Depois de o duelo voltar a ficar em pé, Nijem novamente tomou a iniciativa, porém, em um rápido contra-ataque, o pupilo de Brock Lesnar encaixou um belo gancho e levou seu adversário a knockdown. Sem perder tempo, Ferguson partiu pra cima, aplicou vários golpes no solo e forçou o árbitro e interromper a luta, sendo decretado o nocaute técnico. Com o triunfo, Tony Ferguson soma 11 vitórias, duas derrotas e é o mais novo meio-médio contratado pelo UFC.

Kingsbury derrota Maldonado
Único brasileiro no programa de lutas, Fabio Maldonado fez uma luta cheia de alternâncias e bastante equilibrada contra Kyle Kingsbury. O norte-americano começou melhor o combate aplicando bons chutes e joelhadas de encontro, enquanto Maldonado tentava encurtar a distância para trabalhar seu boxe. Após estar em desvantagem no início primeiro assalto, o atleta de Sorocaba, interior de São Paulo, conseguiu se recuperar e acertava bons socos na luta em pé. Mas quando o brasileiro tentava tomar o controle do combate, Kingsbury conseguiu uma queda, e apesar de uma guilhotina bem encaixada por Maldonado, o norte-americano saiu do golpe e se manteve por cima no solo. No segundo round, apesar dos atletas já estarem desgastados, o duelo continuou equilibrado. Kingsbury, aparentando maior cansaço, preferiu não se arriscar na perigosa trocação de Fabio e buscava as quedas, que na maioria das vezes eram bem defendidas. Depois de dois assaltos de leve superioridade do norte-americano, Maldonado partiu para o ataque no último round e acertou vários socos no adversário, que acusou os golpes e andou para trás, mas já era tarde para tentar uma reação. No final, os três juízes laterais viram a vitória de Kyle Kingsbury (29x28, 29x28, 29x28).

Guida surpreende Pettis
O norte-americano Clay Guida era considerado o azarão do combate diante do compatriota Anthony Pettis, mas com uma estratégia perfeita, o pupilo de Greg Jackson conseguiu anular o jogo do último campeão do extinto WEC. Conhecido por sua trocação, agressividade e por golpes acrobáticos, Pettis não conseguiu encontrar Guida no octógono, que usou de muita movimentação para sair do raio de ação e buscar as quedas. Depois de derrubar Anthony, o “Homem das Cavernas”, como é conhecido Guida, conseguiu defender bem as perigosas tentativas de finalização do adversário e trabalhar com alguns socos no solo. Sem se encontrar no combate, Pettis teve a chance de vencer no final do terceiro round, quando conseguiu aproveitar de um descuido do oponente para raspar e chegar às costas do Clay. Após tentar encaixar um mata-leão, que foi bem defendido, Anthony voltou a ficar por baixo no solo até o termino da luta.No final três assaltos, vitória de Clay Guida na decisão unânime dos juízes (30x27, 30x27, 30x27)

Confira abaixo os resultados completos do evento:

Card Principal
Tony Ferguson derrotou Ramsey Nijem por nocaute técnico no R1;
Clay Guida derrotou Anthony Pettis na decisão unânime dos jurados;
Ed Herman derrotou Tim Credeu por nocaute técnico no R1;
Kyle Kingsbury derrotou Fabio Maldonado na decisão unânime dos jurados;
Chris Cope derrotou Chuck O'Neil na decisão unânime dos jurados

Card Preliminar
Jeremy Stephens derrotou Daniel Downes na decisão unânime dos jurados
George Roop derrotou Josh Grispi por nocaute no R3;
Shamar Bailey derrotou Ryan McGillivray na decisão unânime dos jurados;
Clay Harvison derrotou Justin Edwards na decisão dividida dos jurados;
Scott Jorgensen derrotou Ken Stone por nocaute no R1;
Reuben Duran finalizou Francisco Rivera com um mata-leão no R3
 

Leia tudo sobre: UFCMMATUFTony Ferguson

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG