Depois de vencer Fedor Emelianenko, Antônio Pezão tenta se classificar para a decisão do torneio

Pezão celebra vitória sobre Fedor nas quartas e agora luta por uma vaga na decisão
Divulgação
Pezão celebra vitória sobre Fedor nas quartas e agora luta por uma vaga na decisão
O Strikeforce teve meses bastante turbulentos com a saída recente de suas principais estrelas . Mas neste sábado à noite, a franquia tentará dar a volta por cima colocando em ação os principais nomes restantes da liga. O segundo maior torneio de MMA do mundo promoverá a semifinal do Grand Prix dos pesados em Cincinnati com a missão de provar que ainda pode fazer frente ao seu dono UFC .

Veta também: Fedor Emelianenko volta a lutar na Rússia contra 'quarentão'

Desde que foi comprado por Dana White e Cia, o Strikeforce perdeu muita força no mundo das lutas. Nomes como Fedor Emelianenko , Nick Diaz, Alistair Overeem e Dan Henderson se transferiram para o UFC ou então foram demitidos, diminuindo drasticamente o prestígio do torneio.

Divulgação
Ronaldo Jacaré fará sua segunda defesa do cinturão dos médios do Strikeforce
Com isso, os remanescentes da franquia sentiram o baque. É o caso de Antônio Pezão, que enfrentaria o campeão Overeem neste sábado para tentar avançar à final do GP.

Confira também: Anderson Silva se arrisca no futebol e perde a bola para meninas

Porém, com a ida do holandês para o UFC , ele irá encarar o substituto Daniel Cormier após ter superado a lenda Fedor Emelianenko nas quartas de final. Do outro lado da chave, Josh Barnett e Sergei Kharitonov disputarão a vaga restante na decisão.

“Fiquei desapontado e triste e até sem vontade de lutar quando ouvi a notícia [saída de Overeem], mas hoje eu entendo a situação. Com certeza o torneio perdeu brilho. Vou lutar com a mesma vontade, pois eu amo o que eu faço, mas com certeza o torneio perdeu o brilho”, lamentou o superpesado.

Minotauro personifica Rocky Balboa brasileiro com redenção no UFC

Além de Pezão, outro brasileiro terá um importante combate neste sábado. O campeão dos médios do Strikeforce, Ronaldo Jacaré, enfrentará Luke Rockhold, que vem embalado por seis vitórias consecutivas. Esta será a segunda defesa de cinturão do brasileiro .

O ex-campeão dos meio-pesados Rafael Feijão também será uma das estrelas do card. Companheiro de treinos e um dos melhores amigos de Anderson Silva, ele lutará contra o vice-campeão olímpico da luta livre Yoel Romero para se reabilitar na competição.

Completando a noite de lutas em Cincinati, Roger Gracie irá enfrentar outro ex-campeão dos meio-pesados, King Mo. Envagelista Cyborg subirá no hexágono diante do canadense Jordan Mein, enquanto a baiana Amanda Nunes lutará contra Alexis Davis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.