Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Sonnen dispara sobre o Brasil: "Não sabia que tinha computadores"

Lutador polêmico criticou os brasileiros Anderson Silva, Wanderlei Silva, José Aldo e os irmãos Nogueira

iG São Paulo |

Josh Hedges/UFC
Chael Sonnen costuma criar polêmicas sobre os lutadores brasileiros no twitter
Não é de hoje que Chael Sonnen gosta de provocar os lutadores brasileiros. Porém, em entrevista recente ao "MMAFighting", gravada na véspera do UFC 132, que aconteceu no último fim de semana , o lutador foi além e ironizou até o país. "Eu realmente não sabia que o Brasil tinha computadores", afirmou.

A frase polêmica foi dita quando ele tentava justificar outra. Após ter declarado, via twitter, que cocaína era lanche no Brasil, ele quis pedir desculpas e só esbanjou mais preconceito: "Eu escolho mídia muito cuidadosamente quando falo do Brasil. Eu fui à internet e, se eu tivesse ideia que o Brasil tinha computadores, não teria feito isso", afirmou.

Sonnen disse que essa sua visão do país é justificada por uma história que ele teria presenciado em Las Vegas, envolvendo dois brasileiros: "Um ônibus parou em um sinal vermelho e Minotouro tentou alimentá-lo com uma cenoura, enquanto o Minotauro fez carinho nele. Eles acharam que era um cavalo. Ele tentou dar uma cenoura a um ônibus e você me diz que o país dele tem computadores?", contou Sonnen, em referência aos irmãos Nogueira, também lutadores do UFC.

Mesmo assim, com tantas polêmicas envolvendo o Brasil, Sonnen diz ser amado no país e critica quem saiu dele, como Wanderlei Silva. "Eles me amam no Brasil! O problema é que o Wanderlei deixou o Brasil. Ele não mora no Brasil, ele mora em Las Vegas. Eles me querem, porque eu o expus, calei a boca dele e fui ao país dele", argumentou Sonnen, complentando ainda que ama o Brasil.

E a metralhadora de polêmicas de Sonnen se virou ainda para os dois brasileiro que atualmente têm cinturões do UFC: Anderson Silva e José Aldo. Ele disse que o primeiro perderá para Yushin Okami, no UFC Rio, e criticou Aldo por ter sido considerado campeão sem nunca ter lutado no UFC - ele era do WEC (World Extreme Cagefighting), que foi incorporado pelo UFC, e depois já defendeu seu novo título.

Recentemente foi anunciado que Chael Sonnen, que estava suspenso por ter sido pego em exame antidoping, vai retornar ao octógono contra Brian Stann, no UFC 136. A sua esperada luta contra o brasileiro Lyoto Machida foi adiada por enquanto.

Leia tudo sobre: chael sonnenufcmma

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG