Vitória recoloca brasileiro na briga para recuperar o cinturão da categoria meio-pesado

No aguardado duelo entre Maurício “Shogun” Rua e Forrest Griffin, vitória avassaladora do brasileiro. Com apenas 1,53 min, o atleta de Curitiba mostrou o velho e bom poder de nocaute. Depois de desferir vários golpes no oponente, “Shogun” levou o norte-americano para o chão depois de muitos socos e continuou o massacre. O árbitro Marc Goddard precisou interromper o combate, confirmando a vitória do brasileiro.

“Brasil, vocês foram a minha maior motivação. Obrigado”, festejou o brasileiro, que se preparou para esta luta durante três meses nos Estados Unidos com seu mestre Rafael Coelho. Com o resultado, “Shogun volta a figurar entre os primeiros da categoria meio-pesado (até 93 quilos). O brasileiro era o campeão até março, quando perdeu o cinturão para Jon Jones no UFC 128.



A primeira vez em que os dois lutadores se enfrentaram foi na estreia de Shogun do UFC, em 2007. Campeão do extinto Pride, o brasileiro vinha de uma delicada cirurgia no joelho e estava visivelmente sem preparo físico. O adversário caminhava para a briga pelo cinturão meio-pesado e ainda assim as apostas indicavam o lutador curitibano como favorito.

Mas a forma física fez a diferença em favor de Griffen, que finalizou o brasileiro no fim do terceiro round com um mata-leão. A vitória foi o passaporte para o título. Contra Quinton “Rampage” Jackson, Griffin ficou a decisão dos árbitros. Shogun conquistou o cinturão três anos depois, depois de vencer o então campeão Lyoto Machita. Mas a revanche sempre fez parte de seus planos.

Griffin já caiu sem rumo após sofrer golpe de Shogun
Getty Images
Griffin já caiu sem rumo após sofrer golpe de Shogun

Veja todos os resultados do UFC Rio:

Card principal
Anderson Silva (BRA) venceu Yushin Okami (JAP) por nocaute no 2º round
Mauricio Shogun (BRA) venceu Forrest Griffin (EUA) por nocaute no 1º round
Edson Barboza (BRA) venceu Ross Pearson (ING) por pontos
Rodrigo Minotauro (BRA) venceu Brendan Schaub (EUA) por nocaute no 1º round
Stanislav Nedkov (BUL) venceu Luiz “Banha” Cane (BRA) por nocaute no 1º round

Card preliminar
Thiago Tavares (BRA) venceu Spencer Fisher (EUA) por nocaute técnico no 2º round
Rousimar ‘Toquinho’ Palhares (BRA) venceu Dan Miller (EUA) por pontos
Paulo Thiago (BRA) venceu David Mitchell (EUA) por pontos
Raphael Assunção (BRA) venceu Johnny Eduardo (BRA) por pontos
Erick Silva (BRA) venceu Luis Ramos (BRA) por nocaute no 1º round
Iuri Marajó (BRA) venceu Felipe Sertanejo (BRA) por pontos
Yves Jabouin (CAN) venceu Ian Loveland (EUA) por pontos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.