Henderson diz que bateu muito, mas que Shogun aguentou tudo. Brasileiro tentou usar a técnica do jiu-jítsu, mas não deu certo

Henderson é anunciado vencedor e Shogun, à esquerda, lamenta
Getty Images
Henderson é anunciado vencedor e Shogun, à esquerda, lamenta
A luta já está sendo considerada pelo UFC como uma das grandes batalhas da história da competição. A vitória de Dan Henderson sobre o brasileiro Maurício Shogun, na madrugada deste domingo, em San Jose (nos EUA), foi decidida apenas na votação dos juízes – o norte-americano venceu por unanimidade. Cabisbaixo. Shogun contou que tentou usar a técnica do jiu-jítsu, mas não deu certo.

A luta : Veja detalhes do combate épico

“Dan Henderson bateu muito forte, parabenizo-o pelo resultado. Eu tentei usar o jiu-jítsu, e talvez eu até pudesse ter vencido, mas infelizmente não foi possível”, disse Shogun. A luta valeu pela categoria meio-pesado e agora Henderson deve enfrentar pelo cinturão o vencedor do combate entre Jon Jones, atual campeão, e o brasileiro Lyoto Machida.

Vitória: Wanderlei Silva derrota Cung Le e continua empregado no UFC

Hendo, como é conhecido o vencedor da luta, deixou o octógono reconhecendo que Shogun foi um guerreiro no combate.

“Esse cara consegue aguentar muitos socos. Bati forte e ele aguentou tudo. É um guerreiro. Eu deveria ter finalizado a luta. Acho que essa pode ter sido a luta mais difícil da minha vida, e acho que mereço a chance de disputar o título da categoria”, falou Handerson

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.