Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Rio+20 lota hotéis da cidade e atrapalha plano do UFC

Presença do público de outras cidades é importante para lotar o Engenhão, mas Conferência da ONU deixa o Rio sem vagas em hotéis

João Pontes, iG São Paulo |

Getty Images
No primeiro UFC em terras cariocas, realizado em agosto do ano passado, 60% dos ingressos foram vendidos para pessoas que não moram no Rio de Janeiro
O plano de Dana White é audacioso, mas o planeta Terra pediu socorro antes ao Rio de Janeiro. Após negociar para colocar em São Paulo a revanche entre Anderson Silva e Chael Sonnen naquele que já é considerado o maior UFC da história, o presidente da organização acabou por confirmar o Engenhão, no Rio, como palco do evento marcado para 23 de junho. O problema é que o período de aquecimento para a edição 147 da franquia coincide com a semana do megacongresso da sustentabilidade Rio+20 que, assim como o UFC, levará à capital fluminense dezenas de milhares de visitantes. Há o risco de não caber tanta gente na cidade nesse período.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros fãs de MMA

A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, o Rio+20, será realizada entre os dias 13 e 22 de junho e praticamente todos os hotéis da cidade estão reservados. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih-RJ), a taxa de ocupação na cidade para o período está em 95%, sendo 80% das reservas relacionados à conferência.

Leia mais: Dana White oficializa Engenhão e fala em UFC para 1 bilhão de pessoas

Apesar do UFC estar marcado para o dia 23 de junho, a programação do maior campeonato de lutas começa quatro dias antes e coincide com a Rio+20. A princípio, o UFC seria realizado em São Paulo, mas o fato de a legislação da capital paulista não permitir que o nível de 45 decibéis seja ultrapassado em zonas residenciais depois das 22 horas impediu o acordo. A luta principal entre Anderson Silva e Chael Sonnen será realizada durante a madrugada para alavancar a venda de pay-per-view nos Estados Unidos.

Mesmo sabendo da realização da Rio+20, Dana White manteve o UFC 147 no dia 23. Ainda este mês, o Ultimate vai realizar uma coletiva de imprensa no Rio de Janeiro para promover as lutas e falar sobre como o evento será realizado com a rede hoteleira lotada para a conferência da ONU. Até o momento, a organização do maior campeonato de MMA do mundo não falou sobre o risco de milhares de fãs não poderem ir ao Rio de Janeiro.

Confira ainda: Após deixar UFC, Brock Lesnar volta aos shows de luta livre

AE
O Enganhão vai receber a aguardada luta entre Anderson Silva e Chael Sonnen
Apenas de visitantes cadastrados pela ONU (Organização das Nações Unidas), a cidade deve receber 50 mil pessoas, isso sem contar outros milhares de turistas que querem ir ao Rio para a conferência. Como a capital fluminense conta com 45.416 leitos, o prefeito Eduardo Paes planeja até fazer uma campanha para que cariocas hospedem pessoas de fora durante a Rio+20. O Congresso Internacional de Odontologia, por exemplo, que seria realizado no Rio foi transferido para Foz do Iguaçu por conta do problema.

Para completar, hotéis de outras cidades do estado como Angra dos Reis e Petrópolis também estão sendo reservados devido à conferência da ONU.

Veja também: UFC Rio III pode quebrar recordes e se tornar o maior da história

De acordo com o UFC, as informações a respeito da venda de ingressos para a noite de lutas serão divulgadas ainda este mês. Porém, nas redes sociais, muitos fãs de MMA que procuram reservar um quarto de hotel antes de comprar o ingresso reclamam que estão sem muitas opções. Em alguns estabelecimentos, o preço da diária durante o período subiu de R$ 200 para R$ 700.

E mais: Larissa Riquelme faz pedido a Dana White para ser musa do UFC

A presença do público de outras cidades será fundamental para lotar o Engenhão e quebrar o recorde de público da história do UFC, ainda mais porque o evento será realizado pela terceira vez no Rio em menos de um ano.

Atualmente, a edição 129 ostenta o título com a presença de 55 mil torcedores no estádio Rogers Centre, em Toronto. Na primeira edição do UFC em terras cariocas, em agosto do ano passado, 60% dos ingressos foram vendidos para pessoas que não moram no Rio de Janeiro.

Leia tudo sobre: LutasUFCRio + 20Rio20hotelEngenhão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG