Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Lutador do Bope leva nocaute em 42 segundos e apaga no UFC da Suécia

O brasileiro Paulo Thiago levou um upper de direita do afegão Siyar Bahadurzada e caiu de cara no octógono em Estocolmo

iG São Paulo |

Getty Images
Paulo Thiago apagou aos 42 segundos e sucumbiu ao lutador do Afeganistão
O policial do Bope de Brasília, Paulo Thiago, protagonizou uma das lutas mais rápidas da história do UFC, pior para o atleta do Brasil que levou o primeiro nocaute da noite. Thiago caiu no octógono em Estocolmo, na Suécia, após levar um upper de direita do lutador afegão Siyar Bahadurzada, aos 42s de luta, contabilizando a segunda derrota de brasileiros na noite.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O lutador do Brasil literalmente apagou após sofrer o golpe, que não pegou seu rosto em cheio, mas foi o suficiente para derrubá-lo. Desmaiado no octógono, Paulo Thiago foi rapidamente atendido pelos paramédicos do ultimate e se levantou.

Leia mais: Comissão libera o uso de maconha medicinal para lutadores do Strikeforce

Na primeira luta de atletas brasileiros no UFC sueco, Diego Nunes e o alemão Dennis Siver duelaram pelo peso-pena. O lutador brasileiro pouco atacou nos dois primeiros rounds, onde só Siver buscou a trocação, enquanto o Nunes apenas se esquivava dos goles. No terceiro assalto o brasileiro finalmente foi para cima do alemão, tanto que deixou Siver com um sangramento no olho esquerdo. No entanto, a iniciativa de Nunes não convenceu os juízes, que deram a vitória para Siver, por decisão unânime.

Confira ainda: MMA inaugura federação internacional e nutre sonho olímpico

Em combate pelos meio-médios DaMarques Johnson, com sete lutas pelo Ultimate enfrentou o inglês John Maguire, que havia perdido a sua única luta no UFC e o novato levou a melhor. Maguire encaixou uma chave de braço no 2º round e fez seu adversário desistir da luta.

No primeiro combate do card principal, válida pelo peso-galo, Brad Pickett dominou a luta contra Damacio Page desde o primeiro round e finalizou a luta no 2º round com um esgana-galo.

Getty Images
Diego Nunes (à esq.) foi derrotado por Dennis Siver por decisão unânime dos juízes

Card principal:
Brian Stann nocauteou Alessio Sakara no 1º round
Siyar Bahadurzada nocauteou Paulo Thiago no 1º round
venceu Diego Nunes por decisão unânime dos juízes
John Maguire venceu Damarques Johnson por finalização no 2º round
Brad Pickett venceu Damacio Page por finalização no 1º round

Card preliminar:
James Head venceu Papy Abedi por finalização no 1º round
Cyrille Diabate venceu Tom DeBlass por decisão unânime dos juízes
Francis Carmont venceu Magnus Cedenblad por finalização no 2º round
Reza Madadi venceu Yoislandy Izquierdo por finalização no 2º round
Simeon Thoresen venceu Besam Yousef por finalização 2º round
Jason Young venceu Eric Wisely por decisão unânime dos juízes
 

Leia tudo sobre: ufcufc suéciapaulo thiagoSiyar Bahadurzada

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG