Pesagem do UFC Rio vira caldeirão com berros de 'Vai morrer!'

Lutadores evitam realizar provocações nas encaradas comandadas pelo presidente Dana White

Rodrigo Farah e Vicente Seda, no Rio de Janeiro | 26/08/2011 17:01

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

A pesagem do UFC Rio transcorreu com excesso de respeito por parte dos lutadores. Ao contrário de outras edições do torneio, eles não exageraram nas tradicionais encaradas e evitaram as provocações. Apesar disso, a torcida brasileira deu um show à parte pressionando os atletas estrangeiros com vaias e berros de “Vai morrer!”.

Infográfico: Saiba como chegar ao UFC Rio e como ver pela televisão

A parte da Arena HSBC designada para a pesagem não ficou completamente lotada - o evento não foi aberto para o público em geral e os ingressos desta sexta foram distribuídos para fãs escolhidos pela organização e patrocinadores.

Mesmo assim, a torcida presente fez sua parte. Os aficionados mostraram grande apoio para os lutadores brasileiros e vaiaram os adversários com muita intensidade. Até mesmo o presidente do UFC, Dana White, deu vários sorrisos de surpresa em meio às manifestações dos fãs.

“Vai ser Brasil contra o resto do mundo!”, afirmou Anderson Silva logo depois de subir na balança. “Estou muito feliz de estar aqui e vai dar Brasil”, completou o campeão dos médios do UFC.

Todos os 24 lutadores do card atingiram o peso necessário e foram liberados para os combates deste sábado. Nenhum deles realizou uma provocação a mais ao longo da pesagem e das encaradas comandadas por Dana White.

O UFC Rio começa a partir das 19h (de Brasília) deste sábado na Arena HSBC com o card preliminar transmitido pelo canal Combate. Já as lutas do card principal terão início às 22h (de Brasília) com transmissão ao vivo da RedeTV.

<span>Torcida deu um show à parte, inclusive com berros de &#39;Vai morrer!&#39; para os adversários dos lutadores brasileiros</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Antes da pesagem, Royce Gracie e lutadores brasileiros que não participarão do UFC Rio deram entrevistas</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <strong>Publicidade</strong> <span>Royce Gracie, três vezes campeão do UFC na década de 90, compareceu ao evento</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Anderson Silva e Yushin Okami se cumprimentam no UFC Rio</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Shogun mostrou estar em forma e no peso certo para lutar contra Forrest Griffin no UFC Rio</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Os peso pesados Minotauro e Brendan Schaub se encaram depois da pesagem</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Dana White, presidente do UFC, comandou as encaradas dos lutadores</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong>



Confira todas as lutas do UFC Rio:

Card principal:
Anderson Silva (BRA) x Yushin Okami (JAP)
(EUA) x Mauricio Shogun Rua (BRA)
Antonio Rodrigo Nogueira (BRA) x Brendan Schaub (EUA)
Edson Barboza (BRA) x Ross Pearson (ING)
Luiz Cane (BRA) x Stanislav Nedkov (BUL)

Card preliminar:
Spencer Fisher (EUA) x Thiago Tavares (BRA)
David Mitchell (EUA) x Paulo Thiago (BRA)
Erick Silva (BRA) x Luis Ramos (BRA)
Dan Miller (EUA) x Rousimar Palhares (BRA)
Felipe Arantes (BRA) x Yuri Alcantara (BRA)
Yves Jabouin (CAN) x Ian Loveland (EUA)
Raphael Assuncao (BRA) x Johnny Eduardo (BRA)

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo