Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

"O UFC vai tentar me trazer de volta", declara Randy Couture

Lutador, de 48 anos, afirma que a organização tentará renovar seu contrato e adiar sua aposentadoria

Eduardo Oliveira, iG São Paulo |

Josh Hedges/UFC
Couture ainda crê no retorno ao UFC
Randy Couture marcou seu nome na historia do UFC, sendo ao lado de BJ Penn um dos atletas campeões em duas categorias diferentes (pesos pesados e meio-pesados) na organização. Mas, depois de ser nocauteado por Lyoto Machida no UFC 129, em abril, o norte-americano, de 48 anos, anunciou que iria pendurar as luvas e deixar os combates. Porém, menos de um mês após sua decisão, o “Capitão da América”, como é conhecido Couture, afirmou que o UFC deve tentar impedir sua aposentadoria.

“Acho que foi a hora certa de parar de competir”, afirmou Randy. “Sei que tenho um longo caminho a percorrer, e acho que eles (UFC) tentarão me trazer de volta, mas estou confortável com a minha decisão. Foi a hora certa para mim”, completou Couture, em entrevista ao site norte-americano MMA Fighting.

Randy Couture, que em 14 anos de carreira, somou 19 vitórias e 11 onze derrotas, já havia anunciado a aposentadoria em 2006, mas voltou atrás 2007, quando derrotou Tim Sylvia e conquistou o cinturão dos pesos pesados do UFC.

Leia tudo sobre: Randy Coutureufcufc 129Lyoto Machida

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG