Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Minotauro surpreende, nocauteia Schaub e segue vivo no UFC

Brasileiro venceu a revelação norte-americana com um nocaute no primeiro round do combate

Hilton Mattos e Rodrigo Farah, no Rio de Janeiro |

Rodrigo Minotauro mostrou neste sábado porque é uma das maiores lendas do MMA. O brasileiro surpreendeu e derrotou a revelação Brendan Schaub com um nocaute no primeiro round. Desta forma, o veterano de 35 anos levou a Arena HSBC ao delírio e ainda assegurou sua permanência no UFC em grande estilo.

“É uma vitória da superação. Vim de três cirurgias e passei um ano parado e quatro meses e meio andando de muleta. Tive só três meses e meio de treino. Aceitei vir aqui para lutar para vocês. Muito obrigado”, celebrou o ex-campeão dos pesados após o triunfo.

Assim como salientou, o brasileiro ficou afastado do octógono por 18 meses devido a uma série de lesões e cirurgias. Mas neste sábado à noite, ele sinalizou que está completamente recuperado dos problemas.

Favorito nas casas de apostas, Brendan Schaub começou duelo fazendo de tudo para evitar as quedas do anfitrião. Embalado pelos berros de “Minotauro é um terror”, o baiano tomou uma série de socos do rival e aguentou uma surra do norte-americano sem cair.

Mas após os três primeiros minutos, Minotauro encaixou uma boa sequência de socos e mandou Schaub à lona quase apagado. Grande vitória do brasileiro, que ainda contou com a ajuda do desafiante ao cinturão Junior Cigano em seu corner.

Com o resultado, a permanência de Minotauro no UFC não fica mais ameaçada. O presidente do UFC havia admitido a possibilidade de demitir o baiano em caso de derrota. Em sua última aparição em fevereiro do ano passado, ele já havia sido nocauteado por Cain Velásquez.

Getty Images
Minotauro acerta soco que faz Brendan desabar

Abrindo o card principal, Luiz Cane acabou nocauteado pelo estreante Stanislav Nedkov. O brasileiro começou melhor o combate e acertou uma série de socos no rival. Contudo, levou um golpe em cheio e depois virou alvo fácil das investidas do búlgaro até que o juiz encerrasse a luta.

Na sequência da luta de Minotauro, Edson Barboza teve grandes dificuldades contra o inglês Ross Pearson, mas levou a melhor na decisão dividida dos jurados.

Veja todos os resultados do UFC Rio:

Card principal
Anderson Silva (BRA) venceu Yushin Okami (JAP) por nocaute no 2º round
Mauricio Shogun (BRA) venceu Forrest Griffin (EUA) por nocaute no 1º round
Edson Barboza (BRA) venceu Ross Pearson (ING) por pontos
Rodrigo Minotauro (BRA) venceu Brendan Schaub (EUA) por nocaute no 1º round
Stanislav Nedkov (BUL) venceu Luiz “Banha” Cane (BRA) por nocaute no 1º round

Card preliminar
Thiago Tavares (BRA) venceu Spencer Fisher (EUA) por nocaute técnico no 2º round
Rousimar ‘Toquinho’ Palhares (BRA) venceu Dan Miller (EUA) por pontos
Paulo Thiago (BRA) venceu David Mitchell (EUA) por pontos
Raphael Assunção (BRA) venceu Johnny Eduardo (BRA) por pontos
Erick Silva (BRA) venceu Luis Ramos (BRA) por nocaute no 1º round
Iuri Marajó (BRA) venceu Felipe Sertanejo (BRA) por pontos
Yves Jabouin (CAN) venceu Ian Loveland (EUA) por pontos

Leia tudo sobre: UFC RioUFCMinotauroBrendan Schaub

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG