Brasileiro se tornou um dos atletas mais famosos do UFC nos Estados Unidos

José Aldo é considerado o terceiro melhor lutador do planeta
Rodrigo Farah/iG
José Aldo é considerado o terceiro melhor lutador do planeta
“Acho que o José Aldo está neste hotel. Imagina se consigo tirar uma foto com ele?”. A frase do norte-americano engravatado na frente do Hilton mostra com clareza o status de celebridade de Aldo nos Estados Unidos. Neste sábado, o campeão dos penas volta ao octógono no UFC 136, em Houston, obrigado a defender o cinturão. Mas além disso, o amazonense luta para consolidar seu reconhecimento e a imagem de nova estrela da entidade.

Veja também: Aldo encara rival do UFC no futebol e perde duelo de embaixadinhas

“Sinto que atingi tudo o que sonhava. Tudo mudou muito para mim e de uma forma muito rápida. Era isso o que eu queria, ser campeão. E não há nada melhor do que ser reconhecido por isso. Tento aceitar essa fama da melhor maneira possível, pois é algo grandioso para mim”, afirmou o lutador ao ser questionado pela reportagem do iG .

Assim como comentou, José Aldo vivia uma realidade totalmente oposta há alguns anos. Após passar por dificuldades durante a infância em Manaus, ele tentou a sorte como lutador de jiu-jitsu no Rio de Janeiro. Mas a limitação era tamanha, que ele sequer tinha dinheiro para o ônibus quando chegou à capital carioca. Com isso, precisou ir a pé do aeroporto Santos Dumont até o bairro do Flamengo, com todos os pertences nas costas.

Sem casa fixa, o atleta morou durante meses na academia, dormindo no tatame, com uma ou duas refeições por dia. Depois, ele morou em casas de companheiros de treino na favela até finalmente ser acolhido pela namorada da época (e atual esposa) Viviane.
null

Mas a atual realidade de José Aldo é completamente diferente. Considerado imbatível no peso pena (até 66kg), o atleta é apontado pela maioria dos especialistas como o terceiro melhor lutador do mundo entre todas as categorias, atrás apenas de Anderson Silva e Georges St-Pierre.

Consequentemente, o reconhecimento do amazonense também chegou às alturas, principalmente nos Estados Unidos. Além de ser obrigado a atender uma legião de fãs, as imagens de seus combates passam em canais de televisão como ESPN, Fox e Spike TV.

Chegada da AEG coloca Arena Palestra como candidata a receber UFC 

“No Brasil também está mudando bastante. Hoje em dia, somos tratados como se fôssemos jogadores de futebol. Todos nós estamos sendo reconhecidos pelo nosso trabalho”, ressaltou. “Mas faço de tudo para não deixar subir à cabeça. Não me esqueço de onde eu vim”, concluiu.

Neste sábado, José Aldo fará sua terceira defesa do cinturão (a segunda desde que entrou no UFC) como franco favorito à vitória. Apesar de enfrentar um dos atletas mais experientes do torneio, ele tem três vezes mais chances de vencer o confronto, segundo as casas de apostas.

null

O card principal do UFC 136 está marcado para começar às 22h (horário de Brasília) deste sábado. O canal Combate transmite as lutas ao vivo por meio do pay-per-view.

Confira os principais duelos do UFC 136:
Frankie Edgar (EUA) x Grey Maynard (EUA)
José Aldo (BRA) x Kenny Florian (EUA)
Chael Sonnen (EUA) x Brian Stann (EUA)
Joe Lauzon (EUA) x Melvin Guillard (EUA)
Leonard Garcia (EUA) x Nam Pham (EUA)
Demian Maia (BRA) x Jorge Santiago (BRA)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.