Lutador disse que negou treinos com o astro por conta de uma possível luta contra Lyoto Machida no futuro

Após rejeitar Steven Seagal, Jon Jones afirmou que preferia a ajuda de Jet Li
Reprodução
Após rejeitar Steven Seagal, Jon Jones afirmou que preferia a ajuda de Jet Li
Não foi desta vez que Steven Seagal teve a chance de ajudar outro campeão do UFC . Após rejeitar os ensinamentos do astro hollywoodiano, Jon Jones disse que negou a ajuda do ator com receio que ele revelasse algum segredo para o potencial adversário Lyoto Machida . Além disso, o lutador ironizou a situação afirmando que preferia o auxílio de Jet Li, outra estrela dos filmes de ação.

Veja também: Jon Jones recusa treino com Steven Seagal e ouve bronca do astro

“Você nunca sabe o que move as pessoas. Ainda mais uma pessoa que treina o Lyoto Machida. O Lyoto é um cara que com certeza vou lutar num futuro próximo e não queria compartilhar minha psicologia com ele ou então mostrar como eu sou antes da luta. Isso poderia me colocar em desvantagem no futuro”, comentou o atleta no ‘Jim Rome Show’, nos Estados Unidos.

“Não quero falar nada mal. Ele tinha boas intenções, eu acho. Mas sei lá. Definitivamente não o teria no meu corner. Queria o Jet Li, ele sim eu aceitaria do meu lado. Seria bem legal”, completou.

Saiba mais sobre Jon Jones e outros prodigíos que chegaram ao topo do UFC

Steven Seagal procurou Jones alguns dias antes do UFC 135 do último sábado com o intuito de passar algumas dicas ao lutador antes do duelo contra Rampage Jackson. Depois de finalizar o desafiante no quarto round , Jon Jones revelou que foi procurado pelo astro, mas salientou que em nenhum momento cogitou aceitar a ajuda.

“É estranho trazer um cara que você nunca trabalhou para te ajudar. Não sei como ele conseguiu meu número. Ele disse: ‘Olá, acho que você vai ganhar e quando prevejo que uma pessoa vai ganhar, eu nunca erro. Tem algumas coisas que gostaria de passar para você”. Foi tudo muito estranho”, relatou o campeão dos meio-pesados.

Confira ainda: UFC negocia evento em São Paulo com Gilberto Kassab

Seagal não comentou a respeito da recusa de Jon Jones. Entretanto, o ator não gostou nem um pouco da performance do atleta em sua vitória e criticou publicamente a atuação .

“Fiquei mais impressionado com o Rampage. O Jon Jones não foi ele mesmo nesta noite. Em minha opinião, ele é muito, muito melhor do que aquilo. Ele tem um talento extraordinário e não o vi fazer nada tão bem quanto já vi antes”, opinou o ator em entrevista ao site MMA Fighting.

Anderson Silva participa de clipe com Marisa Monte. Assista ao vídeo

Tradicional mestre do aikidô, Steven Seagal entrou nos holofotes do MMA depois de comandar alguns treinamentos do campeão dos médios Anderson Silva no ano passado. O Aranha chegou a creditar o astro como principal incentivador do famoso chute frontal responsável pelo nocaute sobre Vitor Belfort em fevereiro .

Depois disso, Seagal passou alguns treinos para o carateca Lyoto Machida , que pouco depois nocauteou a lenda Randy Couture com um chute parecido, no UFC 129, em abril.null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.