Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Irritado, Dana White demite rival de Belfort após derrota no Rio

Presidente da UFC voltou a criticar Anthony Johnson e disse que o atleta desperdiçou suas chances no torneio

Hilton Mattos e Rodrigo Farah, no iG Rio de Janeiro |

Anthony Johnson não é mais um lutador do UFC. Irritado com o excesso de peso do lutador e com sua derrota para Vitor Belfort no UFC Rio do último sábado, o presidente Dana White demitiu o atleta norte-americano da franquia e voltou a reclamar da postura do desafiante.

Veja também: José Aldo dá show, mantém cinturão e se joga na torcida

“Foi uma das coisas mais antiprofissionais que eu já, um dos maiores desastres e não estou feliz com isso. Ele está fora. Perdeu três vezes, você está fora e coisas assim não podem acontecer”, esbravejou o chefão do UFC, sem saber que na realidade esta foi a quarta derrota de Johnson em 11 combates.

Confira ainda: Barboza dá chute 'Chuck Norris' e vence com nocaute espetacular

Johnson apareceu na pesagem com 5 kg acima dos 84 kg na última sexta. Além de ser obrigado a entregar 20% da bolsa para Vitor Belfort, ele teve que subir na balança no sábado à tarde dentro do limite da categoria de cima – 93 kg.

Mesmo com o contratempo, Belfort mostrou grande forma no octógono e conseguiu a vitória por finalização no fim do primeiro round depois de levar uma série de golpes do desafiante.

“Foi uma tremenda falta de respeito dele se apresentar com 11 libras [5 kg] acima do peso, mas eu disse ao Dana White que ele poderia estar até com 250 libras que eu lutaria. Não iria desapontar os fãs brasileiros”, completou Vitor Belfort depois do triunfo.

Leia tudo sobre: Dana WhiteVitor BelfortUFC RioUFCAnthony Johnson

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG