Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Henderson nocauteia Feijão no Strikeforce

Hendo derrotou Rafael Feijão, na madrugada deste domingo (6), e conquistou o cinturão dos meio-pesados do Strikeforce

Eduardo Oliveira, iG São Paulo |

Esther Lin/Strikeforce
Dan Henderson conquista cinturão do Strikeforce
O sábado de carnaval teve um gosto amargo para Rafael Feijão. O atleta brasileiro foi nocauteado por Dan Henderson e perdeu o cinturão dos meio-pesados do Strikeforce. O combate foi a atração principal do evento realizado, na madrugada de sábado para domingo, na cidade de Columbus, nos Estados Unidos. Com o triunfo, Hendo, como é conhecido o norte-americano de 45 anos, soma mais um importante título para sua carreira, já havia conquistado os cinturões do Pride (em duas categorias), UFC e do Rings.

No inicio do combate, Henderson começou tomando a iniciativa e tentava encurralar Feijão na grade, mas com um lindo direto de direita, no contragolpe, o atleta brasileiro levou o norte-americano a knockdown. Com rápida absorção, Hendo conseguiu se recuperar e inverter a posição, ficando por cima na luta de solo. No segundo assalto, o norte-americano não quis se arriscar na luta em pé e trabalhou a maior parte do tempo no clinch e tentando levar a disputa para o chão, mesmo assim os melhores momentos foram de Rafael, que chegou a raspar Dan no solo. No terceiro round, porém, Henderson acertou um potentíssimo cruzado de direita que derrubou Feijão. Sem perder tempo, Dan aplicou mais dois socos no chão e nocauteou o brasileiro. Agora, Dan Henderson soma 27 vitórias e apenas oito derrotas na carreira, enquanto, Rafael tem sua terceira perda em 13 apresentações.

O outro brasileiro em ação no evento teve melhor sorte: Jorge Gurgel precisou de apenas 47 segundos para encaixar uma justa guilhotina e finalizar o norte-americano Billy Vaughan. Com a conquista, Gurgel espanta e má fase de duas derrotas consecutivas e reencontra o caminho dos triunfos.

Divulgação
Henderson festeja nocaute sobre Feijão no Strikeforce da madrugada deste domingo

Coenen defende cinturão feminino
Na outra disputa de titulo da noite, Marloes Coenen encontrou dificuldades, mas conseguiu defender o cinturão feminino da divisão de meio-médios. Diante da até então a invicta Liz Carmouche, a campeã sofreu com o arsenal de quedas e socos da guarda da desafiante. Porém, no quarto assalto, Marloes conseguiu encaixar um justo triângulo e encerrar o combate.

Nos demais combates do card principal, Tim Kennedy não se arriscou na luta em pé contra Melvin Manhoef e após derrubar o holandês finalizou a peleja num mata-leão. Já Jorge Masvidal se recuperou da derrota diante do inglês Paul Daley e derrotou Billy Evangelista na decisão unânime dos juízes, quebrando a invencibilidade do oponente.

Confira abaixo o resultado completo do evento:

Card principal:
Dan Henderson derrotou Rafael “Feijão” Cavalcante por nocaute no R3;
Marloes Coenen finalizou Liz Carmouche com um triângulo no R4;
Tim Kennedy finalizou Melvin Manhoef com um mata-leão R1;
Jorge Masvidal derrotou Billy Evangelista na decisão unânime dos juízes;

Card preliminar:
Roger Bowling derrotou Josh Thornburg na decisão unanime dos juízes;
Jorge Gurgel finalizou Billy Vaughan com uma guilhotina no R1;
Jason Freeman derrotou Jason Riley por nocaute técnico no R1;
Brian Rogers derrotou Ian Rammel por nocaute técnico no R1;
Mitch Whitesel finalizou Marc Cofer com uma guilhotina no R1;
John Kuhner finalizou J.P. Felty com um triângulo no R2.

Leia tudo sobre: mmadan hendersonrafael feijão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG