Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Fora do UFC Rio, lutador do Bope programa retorno em abril

Paulo Thiago se recupera de lesão no contovelo e negocia novo contrato com o Cruzeiro enquanto isso

Rodrigo Farah, iG São Paulo |

O brasiliense Paulo Thiago foi a maior baixa do UFC Rio. Com uma torsão no cotovelo, o lutador foi cortado do evento no dia 14 de janeiro e agora faz o máximo para encurtar sua recuperação. Em entrevista ao iG, o policial do Bope afirmou que já retomou os treinamentos e que trabalha para voltar ao octógono em abril.

Veja também: São Paulo quer maior UFC da história para ter visibilidade nos EUA

“Estou me recuperando muito bem e já voltei a treinar quase tudo. Só a parte de luta mesmo que estou segurando. Se tudo der certo, fico pronto para lutar no fim de março ou abril. Quero lutar em abril com certeza”, afirmou o atleta de Brasília.

Confira ainda: Agenda lotada faz Belfort 'esquecer' revanche com Anderson Silva

A princípio, Paulo Thiago enfrentaria o veterano Mike Pyle, mas ele acabou substituído pelo também brasileiro Ricardo Funch. Com isso, perdeu a chance de ser um dos protagonistas do card principal do UFC Rio.

iG Entrevista: Lateral "frustrado", lutador Paulo Thiago visita o Cruzeiro

“Eu queria muito ter participado, mas as coisas acontecem por um motivo. Fiquei muito chateado no começo, mas eu sei que vou ter outras oportunidades de lutar no Brasil então é só ter um pouco de paciência”, completou o alteta.

Paulo Thiago também comentou a respeito do Cruzeiro, que o patrocinou no UFC Rio de agosto. O policial ressaltou que atualmente não possui nenhum vínculo com o clube celeste, mas que negocia a renovação do contrato.

“O acordo era só para uma luta, mas já estamos em processo para renovar o contrato. Estamos conversando e isso deve acontecer antes da minha próxima luta”, completou Paulo Thiago. null

Leia tudo sobre: Paulo ThiagoCruzeiroUFCUFC Rio

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG