Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Flamenguista José Aldo não gosta da provocação de Chad Mendes

Lutador brasileiro diz que adversário do UFC Rio e seu treinador vestiram a camisa do Vasco de propósito

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Pesquisas apontam o MMA como o esporte que mais cresce no mundo. No Brasil, ainda não se discute sua força perto do futebol. Entretanto, os dois têm mostrado semelhanças quando o assunto é torcida. Isso ficou claro no apoio aos lutadores brasileiros na primeira edição do UFC Rio, em agosto. E vem se estendendo à postura de alguns atletas que querem provocar seu oponente. O brasileiro José Aldo, campeão da categoria até 66 quilos e torcedor declarado do Flamengo , não gostou da provocação de Chad Mendes, seu adversário no dia 14 de janeiro, que posou recentemente para foto com a camisa do Vasco .

Reprodução
Chad Mendes (dir.) vai tentar tirar o cinturão do lutador flamenguista
“Acho que ele mesmo nem devia saber da existência do Vasco, mas certamente o técnico dele (Fábio Pateta, treinador de jiu-jítsu) sabia. Ele apareceu com a camisa do Vasco, eu sou Flamengo. Isso dá um gostinho a mais na luta”, comentou José Aldo, que defenderá o cinturão da categoria pena pela quinta vez – vencera antes Urijah Faber, Manny Gamburyan, Mark Hominick e Kenny Florian. “Ele (Mendes) disse que não houve provocação, mas houve, sim”, completou o atleta da equipe Nova União.

Rubro-negro assumido, Aldo costuma erguer a bandeira do Flamengo – mais precisamente a de uma facção organizada – em suas lutas. Seu empresário e técnico, André Pederneiras, tem negociado com a presidente Patrícia Amorim um contrato de patrocínio – a exemplo da parceria Anderson Silva-Corinthians e Rodrigo Minotauro-Internacional-RS.

“É possível que eu entre para lutar no dia 14 já com a camisa do Flamengo. Mas é o Dedé quem está vendo isso. Eu só treino. Parece que a Patrícia disse para ele que o orçamento deste ano já estava fechado, mas que para o ano que vem pode acontecer. Não posso anunciar que levarei camisa ou bandeira. Se nada for fechado, vou com a bandeira do Brasil, pois assim quero a nação inteira torcendo por mim”, disse Aldo.

Chad Mendes explicou a foto tirada ao lado de Pateta com a camisa do Vasco. Segundo o adversário do lutador brasileiro, seu treinador de jiu-jítsu torce declaradamente pelo clube de São Januário. Certa vez, conta Mendes, após um treino, ele não tinha outra camisa para vestir e pegou uma do Vasco emprestada com o técnico. Logo depois, voltou a tacar fogo na polêmica novamente, afirmando que pegou simpatia pelo clube.

“É divertido ver o time jogar. Vou continuar torcendo pelo Vasco”.


 

Leia tudo sobre: UFCufc riojosé aldochad mendesvascoflamengo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG