Documentário “Como Água” estreia no dia 16 de março mostrando uma nova faceta do campeão do UFC

nullAquela velha história do bom moço que supera os problemas mais penosos para combater o supervilão não se limita aos contos de ficção. Pelo menos, é isso o que o documentário “Anderson Silva: Como Água” tenta provar. O longa-metragem estreia no Brasil no dia 16 de março elevando o campeão dos médios do UFC à condição de herói que combate Chael Sonnen , retratado como o “malvado” arqui-inimigo do atleta corintiano.

iG Entrevista: Anderson Silva faz alerta ao UFC e pede divulgação 'séria' em SP

Fotos: Ronaldo e famosos conferem pré-estreia de filme de Anderson Silva

O filme dirigido por Pablo Croce acompanha os bastidores de Anderson Silva durante o período de maior turbulência da sua carreira: antes do combate contra o americano em agosto de 2010. Na época, o brasileiro estava pressionado por mostrar desinteresse e abusar das zombarias contra os rivais no octógono, chegando até a ser ameaçado de corte.

Veja também: Anderson Silva revela planos para virar ator de filmes de ação

Conhecido por ser o maior falastrão do mundo das lutas, Chael Sonnen surge então como a antítese de Anderson Silva apoiado pela maratona de ataques verbais nos meses que antecederam o confronto. O americano não poupou palavras para humilhar o campeão da melhor forma que pôde - chamou Anderson Silva de câncer, atacou seus companheiros e até mesmo o Brasil.

Confira ainda: Trailer de Anderson Silva x Sonnen II agita a internet. Assista

Paralelamente, o campeão do UFC aparece no filme como um homem que vive em função da família e que muitas vezes é mal compreendido por sua falta de habilidade para lidar com a mídia – o que não deixa de ser verdade.
Amor de Anderson Silva pela família é um dos principais temas de seu filme
Divulgação
Amor de Anderson Silva pela família é um dos principais temas de seu filme


Em uma das principais cenas do documentário, o empresário Ed Soares (co-produtor do longa) beira o desespero ao lidar com a falta de vontade de Anderson Silva em promover o duelo.
Arquirrivais farão a revanche mais aguardada da história do UFC no meio do ano
UFC
Arquirrivais farão a revanche mais aguardada da história do UFC no meio do ano
“É muito bacana me assistir na telona, ainda mais não sendo o vilão”, comentou o Aranha em entrevista coletiva. “O que eu gosto de fazer é lutar. Não gosto muito de fazer a promoção, pois fica complicado para administrar, mas é algo que o lutador precisa fazer”, completou.

Veja também: Anderson Silva critica Sonnen e não crê em luta contra Jon Jones

O documentário tem o desfecho no aguardado encontro dos dois lutadores na Oracle Arena, em Oakland (EUA). O combate viria a se tornar um dos maiores da história do UFC, e Sonnen ainda acabaria suspenso do torneio por um ano devido ao uso de doping.

Confira ainda: Sonnen provoca Anderson e enche Twitter com símbolos do Palmeiras

Apesar de dar ênfase ao lado humano de Anderson Silva , o longa retrata apenas um período muito específico da carreira do lutador. Com isso, fica atraente somente para os fãs de MMA, que já conhecem o passado do maior campeão do UFC.

Mesmo mostrando com sucesso uma faceta pouco conhecida do novo astro do esporte brasileiro, o filme poderia abordar por alto outras importantes etapas da carreira do Aranha, como o UFC Rio e a vitória sobre Vitor Belfort. Ainda assim, o documentário serve como um aquecimento perfeito para a revanche entre Anderson e Sonnen no meio do ano e como uma resposta às criativas provocações do falastrão.

Anderson Silva: Como Água

EUA, 2011, 76 min, 14 anos.
Estreia no Brasil: 16/03
Diretor: Pablo Croce
Produção: Jared Freedman
Roteiro: Pablo Croce
Fotografia: Jeff Bollman, Pablo Croce, Haven Lamoureux
Trilha Sonora: Alec Puro
Distribuidora: California Filmes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.