O norte-americano Chad Mendes, que deverá desafiar o cinturão de José Aldo, afirma estar motivado e que pode derrotar o brasileiro

Depois de fazer sua primeira defesa de cinturão no Ultimate, o brasileiro José Aldo deverá voltar ao octógono contra o invicto Chad Mendes, num duelo que pode acontecer no UFC 133, na Filadélfia, ou no UFC 134, no Rio de Janeiro. Ainda sem a confirmação oficial do confronto, o atleta norte-americano comentou, em entrevista à rádio Pro MMA, a emoção de disputar o cinturão do UFC.

"Eu nunca pensei que eu estaria lutando pelo título do UFC em menos de três anos. Isso é incrível”, disse Mendes, que comentou como é seu treinamento para a luta em pé, especialidade do brasileiro. “Estou trabalhando em meu jogo em pé desde o primeiro dia que treino MMA. Tenho a base no wrestling e busco ser versátil”, completou.

Com 10 vitórias, em 10 lutas na carreira, Chad analisou a atuação de José Aldo no UFC 129, evento realizado dia 30 de abril, quando o lutador brasileiro derrotou Mark Hominick na decisão unânime dos juízes.

"Honestamente não acho que ele (Aldo) me leve para baixo com aquelas quedas. Ele é explosivo, todos nós sabemos disso, e fez um ótimo trabalho, mas não acho Hominick defendeu muito bem”, disse Mendes, que afirma estar confiante para derrotar o lutador brasileiro. ”Eu tenho que voltar e ver as lutas dele novamente. Definitivamente ver sua atuação no último round contra Hominick (quando Aldo foi derrubado e castigado no chão) foi uma motivação especial para mim. Todo mundo pensa que Aldo não é humano, mas vou mostrar que ele é ... Não há dúvida em minha mente: Eu posso ser campeão", encerrou o norte-americano

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.