Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Encarada e provocações de Anderson marcam coletiva do UFC 126

Atual campeão quase encosta seu nariz na face de Vitor Belfort e volta a dizer que luta será engraçada

Danilo Lavieri, enviado especial iG a Las Vegas |

Uma senhora encarada e muita provocação por parte de Anderson Silva marcaram a coletiva de imprensa do UFC 126 nesta quarta-feira em Las Vegas. Com as frases que o campeão já vem dizendo há tempos, como "vai ser engraçado", o invicto dos médios praticamente chamou toda a responsabilidade da vitória na luta que acontece à 1h de domingo (de Brasília).

"Para mim, é importante ser lembrado como uma pessoa melhor do que sou hoje. O cinturão é legal, é bacana e foi conquistado com muito suor. Mas isso é só o símbolo de grande evento. Tenho muito mais para dar do que já dei e só posso falar que vai ser engraçado", disse Anderson.

Vitor Belfort tentou não desviar da encarada de Anderson, mas tamanha proximidade tornou as coisas mais difíceis para o desafiante. Perguntado se essa é a luta do século, o campeão responde que não.

 

"É muito legal ver o esporte ser valorizado no Brasil. Mas se você me perguntasse quem seria a luta do século eu responderia que é contra o meu clone", provocou mais uma vez o atual campeão.

Já o desafiante manteve o discurso com muito foco em Deus, sempre relembrando as vezes que teve de superar vários desafios para chegar no nível em que está no MMA.

Divulgação
Anderson encara Vitor Belfort na apresentação da luta

Belfort diz que é essencial a TV aberta do Brasil valorizar o esporte para que a modalidade encoste no futebol como o esporte nacional.

"A minha mensagem nunca mudou. Desde os 19 anos, eu quebrei grandes barreiras, preconceitos, graças a Deus nós superamos. Agora os lutadores são vistos como pais de família, homens normais. O UFC é um esporte e agora é fazer com que a TV aberta possa abrir os olhos. Não somente uma, mas outras que podem abraçar o esporte", disse Belfort, que completou:

"O Anderson é um ser humano fantástico e o nós, do Brasil, temos grandes campeões. Com a TV aberta vai trazer patrocínio de grande escala, vamos fazer desse esporte a paixão nacional. Não sei se superar o futebol, mas precisamos chegar lá. A TV aberta ainda tem um pouco de preconceito", finalizou.

Anderson Silva coloca pela oitava vez o seu cinturão em jogo. Belfort será o desafiante após ter de ficar de fora do UFC 112, quando já tentaria conquistar o título dos médios. Na ocasião, uma lesão no ombro cancelou a luta e colocou Demian Maia no caminho do campeão.

Leia tudo sobre: anderson silvavitor belfortufc 126

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG