"Último Imperador", sofreu três derrotas consecutivas e segue com o futuro incerto no MMA

Fedor (e) perdeu por nocaute no último fim de semana para Henderson
Divulgação
Fedor (e) perdeu por nocaute no último fim de semana para Henderson
O russo Fedor Emelianenko mantém o mistério em relação à possível aposentadoria do MMA após sofrer três derrotas consecutivas. O empresário do lutador afirmou que ele ainda não tomou nenhuma decisão em relação ao adeus e que não tem nenhuma previsão sobre quando isso irá acontecer.

“Ele é uma pessoa discreta e quieta em relação a essas coisas [carreira], tanto internamente quanto para a mídia. Assim que tomar a decisão, vai comunicar o Vadim [Finkelchtein, manager e sócio da M-1 Global, que gere a carreira do lutador]. Mas sobre essa, eu tenho a dizer simplesmente que não sei”, afirmou Evgeni Kogan ao site MMA Junkie.

Fedor Emelianenko era considerado o melhor peso pesado do mundo até iniciar a série de derrotas. Ele foi superado por Fabrício Werdum, Antônio Silva e acabou nocauteado por Dan Henderson no último fim de semana. Com isso, cresceram as especulações sobre a aposentadoria do lutador de 34 anos, o que foi minimizado por Evgeni Kogan.

“Todo mundo perde eventualmente e o que acontece agora depende dele. O Fedor ainda é um dos melhores lutadores e pode voltas com tudo e chegar ao topo. Pode acontecer”, completou o empresário, confiante no russo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.