Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Eike Batista sobre o UFC: 'Fico até 4h da manhã vendo lutas'

Entre os VIPs do UFC Rio, empresário se revela fã de MMA e presidente do Flamengo praticamente confirma patrocínio para José Aldo

Vicente Seda, iG Rio de Janeiro |

Vicente Seda
Royce Gracie e o ex-dirigente vascaíno Pedro Valente no UFC Rio
A pancadaria no octógono do UFC Rio atraiu as mais diversas personalidades para o evento, do bilionário Eike Batista ao ator Murilo Benício, do primeiro vencedor do torneio, Royce Gracie, à presidente do Flamengo, Patrícia Amorim. Antes marginalizado, o Ultimate Fighting Championship (UFC) é agora cercado por glamour.

No tapete vermelho, Eike confessou ficar acordado até altas horas da madrugada acompanhando os combates em pay-per-view, enquanto Benício admitiu que não é muito fã de MMA, mas resolveu trazer o filho: "Ele não viu Mike Tyson, mas verá o Anderson Silva", brincou o ator.

Eike Batista, por outro lado, se disse fã do esporte há anos. Exaltou a presença de mulheres e afirmou que a paixão do público feminino pode fazer com que o MMA se iguale, ou até supere, o futebol em popularidade. Para o empresário, Anderson Silva, há 14 lutas invicto no UFC, não tem adversários.

"Já acompanho as lutas há muito tempo, fico até 4h da manhã assistindo. O Anderson Silva é imbatível e o mais fantástico é ver a quantidade de ótimos lutadores que o Brasil tem e a quantidade de mulheres que estão acompanhando o evento. O fascínio das mulheres pode fazer sim o MMA até superar o futebol", disse o empresário que, indagado se já praticara alguma arte marcial, respondeu: "Fiz judô quando era pequeno, mas os meus esportes são corrida e natação".
 

Mulher de Vítor Belfort, a "feiticeira" Joana Prado recusou o cargo de primeira dama do MMA brasileiro: "Não me dê essa responsabilidade, por favor!". Ela gostou de ver o marido arrumado, em vez dos trajes de lutador. "Viram o maridão? Está na beca! Será executivo!", disse, sorridente, em referência ao posto de comentarista assumido por Belfort na transmissão brasileira do evento. "O Vítor lutou tanto para isso acontecer, sempre divulgou o esporte", afirmou Joana, antes de "escolher" o próximo adversário de Belfort. "Depois de tudo o que o Sonnen (Chael Sonnen, lutador do UFC) falou, ele tem de ser doutrinado, como o Vítor já disse".

Vicente Seda
Royce Gracie e o ex-dirigente vascaíno Pedro Valente no UFC Rio
Se Ronaldo optou por não pisar no tapete vermelho e chegar à área VIP por uma entrada separada (foi motivo de risos pelos quilos a mais na comemoração da vitória de Anderson Silva), o fenômeno do Jiu-jitsu Royce Gracie chegou acompanhado do amigo Pedro Valente, ex-médico do Vasco e candidato à presidência do clube este ano com apoio de Eurico Miranda, apesar de ter retirado a chapa antes da reeleição de Roberto Dinamite, que também esteve no UFC Rio. Antes do início dos combates, os dois mostraram confiança nos brasileiros, mas ressaltaram que é um esporte no qual qualquer previsão pode cair por terra em segundos.

Vicente Seda
Royce Gracie e o ex-dirigente vascaíno Pedro Valente no UFC Rio
"Não é um esporte que você pode garantir que o mais forte vencerá o mais fraco. Se assemelha ao futebol nesse sentido. E essa é justamente a tônica do Jiu-jitsu, o mais fraco vencer o mais forte", disse Valente, corroborado por Royce. "É uma honra estar aqui, pois foi o meu pai (Hélio Gracie) que começou tudo isso. É uma briga, a decisão só sai no ringue". O também lutador do UFC Urijah Faber se mostrou empolgado com o evento no Brasil. "É muito legal estar aqui e ver as pessoas tão mobilizadas. Foi aqui que tudo nasceu e é importante voltar à origem".

Perto dali, na entrada de convidados, Patrícia Amorim chegava à arena com um dos filhos e o marido Fernando Sihman. A presidente do Flamengo confirmou o patrocínio ao campeão José Aldo, que já carregou a bandeira do clube para o octógono, é questão de (pouco) tempo. "A possibilidade é enorme. Ele é muito carinhoso conosco e nós com ele", disse a dirigente.

Além de Amorim, outras personalidades do futebol estiveram na Arena HSBC, como o presidente do Vasco, Roberto Dinamite, e jogadores do Fluminense como Fred, Rafael Sóbis e Rafael Moura.


 

Leia tudo sobre: UFC RioMMAAnderson Silva

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG