Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Dana White: "Anderson Silva tem todo meu respeito. É o melhor"

Presidente do UFC fala sobre polêmicas com campeão brasileiro, mas se esquiva de perguntas sobre novos eventos no país

Rodrigo Farah e Vicente Seda, no Rio de Janeiro |

Apesar da confirmação do UFC em Manaus no próximo ano, o presidente da franquia, Dana White, fez de tudo para se esquivar das perguntas sobre a realização de novos eventos no Brasil, repetindo quantas vezes fosse necessário que gostaria de falar apenas sobre o evento no Rio. Ele ainda se mostrou surpreso com as indagações sobre sua relação com o campeão dos médios Anderson Silva, a quem ameaçou demitir do UFC após o desempenho na luta contra Damian Maia, em 2010.

“Não entendo como as pessoas podem achar que a minha relação com o Anderson não é boa. Tivemos nossos momentos, mas ele tem todo o meu respeito. Vivo dizendo que é o melhor lutador de todos os tempos. Estamos no Brasil, queremos fazer negócio aqui, mas agora só me importo com o UFC Rio”, afirmou.

Confira a análise completa das principais lutas do UFC Rio

Indagado sobre o motivo da escolha da cidade, disse que a cidade tem muitos atrativos, além de ser o “coração do esporte”. Nesse momento, apontou para Royce Gracie, que assistiu à coletiva e foi o primeiro campeão do UFC, em 1993.

O Globo
Anderson Silva (esq.) e Dana White em clima amistoso na coletiva do UFC Rio, nesta quinta

“O Rio é um destino turístico que muitos sonham em conhecer. Então quisemos fazer esse primeiro evento aqui por conta disso. Temos muito respeito pelo Royce, foi quem começou tudo isso. O Brasil teve tantos lutadores por esses anos todos, tem alguns dos melhores do mundo hoje, então estou muito ansioso para entrar na arena e sentir a torcida. Já ouvi muito ‘era o meu sonho lutar no meu país’, então acho que será fantástico para esses caras também”, disse.

Conheça 10 motivos para não perder o UFC Rio neste sábado

White assegurou que os negócios no Brasil não se encerrarão com o UFC Rio, pelo contrário, mas se negou a adiantar detalhes dos planos da franquia para os eventos no país. “Se olhar em cada país que vamos, o MMA explode. Então acho que o UFC aqui ajudará a criar muito mais talentos, vamos fazer algumas coisas bem legais aqui além de promover lutas. Estamos muito interessados no mercado brasileiro, mas agora estou interessado no UFC Rio e quero falar apenas deste evento. Toda vez que entramos em um novo mercado há dificuldades, mas todos têm sido muito receptivos, patrocinadores, governo, e queremos continuar”.

O secretário de turismo do Rio e presidente da Riotur, Antônio Pedro, também se mostrou empolgado com o UFC. “Não é à toa que esse esporte chegou nesse nível. Todas as autoridades do Rio estão muito empolgadas. Nunca vi essa quantidade de gente pedindo ingresso. É um UFC que fica para a história pois é o primeiro que usa a marca de uma cidade. Ter essa marca ‘Rio’ ali significa muito para a gente”.

Leia tudo sobre: ufc riommadana whiteanderson silva

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG