Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Cyborg mantém cinturão do Strikeforce com nocaute em 16 segundos

Lutadora paranaense derrubou a japonesa Hiroko Yamanaka duas vezes antes que o juiz parasse o confronto

iG São Paulo |

Strikeforce/Divulgação
Cris Cyborg celebra vitória sobre Yamanaka em 16 segundos de luta
Mais uma performance avassaladora. A paranaense Cris Cyborg mostrou por que é considerada a melhor lutadora do mundo do MMA feminino. A brasileira derrotou a japonesa Hiroko Yamanaka com um nocaute em apenas 16 segundos de combate e manteve o cinturão do Strikeforce em grande estilo.

iG Entrevista: Dana White revela lado 'paizão' e incentiva sexo antes das lutas

“Treinei um ano e meio muito duro e isso é incrível. Quero lutar mais e espero que tenham gostado. Este foi o presente de natal para os meus fãs”, celebrou Cyborg após ouvir que era a “mulher mais malvada do planeta”.

Cyborg voltou ao hexágono do Strikeforce após um ano e meio de afastamento. Isso aconteceu porque a entidade simplesmente não encontrou rivais à altura. A aposta da vez foi Yamanaka, que trabalhava como dominatrix em casas de submissão sexual no Japão antes de se tornar lutadora.

Apoiada por um cartel de 12 vitórias e uma derrota, a atleta oriental foi para o combate credenciada como uma das poucas que poderiam ameaçar o reinado de Cyborg. Mas isso esteve longe acontecer. Após uma rápida combinação de socos, a paranaense conseguiu derrubar a rival duas vezes em apenas 16 segundos até que o juiz parasse o duelo.

Com o triunfo, Cyborg segue invicta no MMA desde a derrota na estreia ainda em 2005, com 11 vitórias consecutivas. Atualmente com 65 kg, ela deve diminuir o peso para encontrar novas adversárias na categoria de baixo do Strikeforce.

Leia tudo sobre: Strikeforcecyborg

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG