Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google
 

Confederação de MMA é lançada com sonho de chegar às Olimpíadas

Evento com Ministro dos Esportes, Aldo Rebelo marcou o lançamento oficial da confederação em São Paulo

Rodrigo Farah, iG São Paulo |

Rodrigo Farah/iG
Presidente Elisio Macambira dicursa com Ministro Aldo Rebelo ao fundo
O crescimento recente do MMA levou o esporte a um novo patamar. Na última segunda-feira à noite, em São Paulo, foi lançada a Confederação Brasileira de MMA com a participação do Ministro dos Esportes, Aldo Rebelo. Entre as medidas da nova entidade está o sonho de pleitear uma vaga ao antigo vale-tudo nos Jogos Olímpicos futuramente.

Veja também: "Anderson x Sonnen tem 90% de chances de ser no Rio", diz Dana White

Rodrigo Farah/iG
Dirigente disse que gostaria de "legalizar" os eventos de MMA no Brasil
“Temos um momento único no esporte. O MMA está muito forte nesse sentido e temos o interesse de colocar essa modalidade, criada por brasileiros, no projeto de modalidades olímpicas”, afirmou o presidente, Elisio Macambira, com passado ligado à Federação Paulista de Luta Olímpica.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros fãs do UFC

“Vi o quanto esse esporte cresce e quanto os atletas que estão ali disputando se respeitam. Eles estão ali para vencer, mas são amigos, pais e filhos. São como qualquer outro praticante. É louvável a reivindicação do esporte como olímpico. Isso nós defendemos na Secretaria”, corroborou o Secretário de Esportes de São Paulo, Bebeto Haddad.

Confira ainda: Reality Show do UFC no Brasil terá vários veteranos. Veja a lista

Os dirigentes não entraram em detalhes sobre como tentarão levar a modalidade aos Jogos, mas anunciaram outras medidas. Entre elas está a criação e coordenação de um ranking de lutadores, além da “legalização” dos torneios já realizados no Brasil. Vale lembrar que os grandes eventos no país, como Amazon Forest Combat e Jungle Fight não ocorrem de forma ilegal.

Outra ação prometida por Elisio Macambira está o incentivo a técnicos, árbitros e dirigentes exclusivamente ligados ao MMA. “Vamos também formar novos atletas para disputarem os torneios internacionais”, completou o presidente.

O Ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, também não chegou a dar detalhes de como ajudaria a confederação a pleitear uma vaga nas Olimpíadas, mas exaltou a criação da entidade.

“Celebro a criação desta Confederação. Sei que ela está em mãos de alguém que conhece o significado do esporte e valoriza para a sociedade e a juventude”, afirmou Aldo Rebelo no lançamento.

Leia tudo sobre: Aldo RebeloUFCMMAlutasLondres 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG